Netflix deixará baixar vídeos para assistir offline em breve… Mas nega

855

Sim, hoje estou novamente disposto a levantar a poeira de um tema bastante polêmico para o mundo da tecnologia e que com certeza é o desejo de uma boa parcela de usuários no Netflix.

Conteúdo offline, mais precisamente, a possibilidade de baixar conteúdo do Netflix para assistir depois, quando não se acesso a uma boa conexão de internet.

O Netflix sempre negou que vai disponibilizar esta funcionalidade, e continua negando, mas tem deixado rastros cada vez mais convincentes de que já está se preparando para disponibilizar o conteúdo offline.

E como foi que eu cheguei nesta conclusão, já que muitos dirão, não há esta informação em outros sites de tecnologia.

lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo
lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo

Recentemente o Netflix abriu algumas vagas de emprego para contratar os programadores que desenvolvem para o PopCorn Time, eu falei sobre isto na matéria Sim, o Netflix original quer o PopCorn Time, o Netflix pirata.

PopCorn Time, P2P, Video streaming, conteúdo offline… O PopCorn Time disponibiliza tudo isto, apesar de a melhora para o streaming ser a parte mais visível da plataforma.

O Netflix arrumou a desculpa de que quer usar as melhorias trazidos pelo P2P para aliviar a gosto de banda de internet causado pelo uso do streaming de vídeos no Netflix.

No entanto, a plataforma vem crescendo bastante e analisando os relatórios de índice de conexões de internet mensalmente, tem notado que ou tem sofrido cada vez mais traffic shapping das operadoras de internet, que é o controle de velocidade de conexão em que as operadoras escolhem baixar a velocidade de conexão para certos serviços da internet, como o Netflix, ou as conexões de internet realmente estão piorando.

Resumindo, uma boa parcela de seus usuários tem tido uma experiência ruim de uso do Netflix por conta de problemas de conexão à internet.

Ora, o Netflix tem investido montanhas de dinheiro para disponibilizar conteúdo em altas resoluções, inclusive em 4K, e seus usuários estão cada vez menos podendo aproveitar desta alta qualidade de imagem do Netflix, ou são obrigados a assistir me resolução mais baixa ou são obrigados a enfrentar travamentos durante a reprodução.

Desde que saiu a notícia sobre contratar desenvolvedores do PopCorn Time eu estive trocando e-mails com algumas pessoas que julgo saberem muito mais que eu sobre o assunto e as considerações que você leu acima não partiram de mim, mas de algumas pessoas que estão mais próximos ao Netflix e em quem eu confio bastante nas opiniões.

Do ponto de vista do negócio, o Netflix oferecer a possibilidade de ter conteúdo offline para assistir posteriormente é uma forma de fortalecer a experiência de uso do assinante do Netflix e conter a perda de assinantes por questões de dificuldades para assistir ao conteúdo. Para melhor entendimento, o negócio Netflix precisa oferecer boa experiência de vídeo para os seus clientes, experiência esta que se degradando atualmente pelo motivo das operadoras estarem boicotando as conexões streaming do Netflix.

O mais lógico é que não será possível para o assinante baixar muito conteúdo offline ao mesmo tempo, ou seja, o Netflix deverá limitar a uma certa quantidade de conteúdo offline que o cliente pode ter em seus dispositivos e se ele quiser baixar mais terá que deletar conteúdo baixado anteriormente.

O conteúdo offline baixados deverão ter forte criptografia e possivelmente uma forma de assinatura digital para que não possam circular entre diferentes dispositivos que não o que o baixou.

Pode até mesmo ser que a função offline só seja disponibilizada para determinados aparelhos que dificultem a cópia dos arquivos baixados.

Alguns apostam que será possível até mesmo programar os dispositivos para baixar o conteúdo que se quer assistir posteriormente.

Os primeiros sinais do P2P no Netflix deve vir em forma de um sistema de cache mais eficiente, em que o assinante poderá escolher um maior cache do conteúdo a ser assistido, isto fará o conteúdo demorar um pouco mais para começar a ser reproduzido mas também deverá garantir que a imagem seja a melhor possível e sem travamentos.

Em 2016 deveremos ter boas novidades sobre isto no Netflix, e a imprensa especializada publicando esta mesma notícia que estou me arriscando a publicar agora.


netflix-offline