Centro de Distribuição do Aliexpress no Brasil

3165

Hoje apareceu uma matéria publicada pelo fundador do fórum ImportaBR no meu meu e-mail que fez até os meus olhos brilharem, ela dá conta de que o Aliexpress está querendo abrir um Centro de Distribuição de mercadorias aqui no Brasil, seria uma espécie rota para desviar dos Correios que estão prestando a cada dia um pior serviço na entrega das mercadorias internacionais aqui no Brasil.

Na realidade ainda hoje o problema parece atingir com mais força as mercadorias chinesas, e quem segura a entrega de mercadorias internacionais originárias da China não é somente os Correios, mas também a Receita Federal, o castigo de segurar as mercadorias por três meses na alfândega, segundo reza a lenda, veio de ordens superiores do Planalto Central.

Depois que ao Aliexpress fez um site especialmente para os consumidores brasileiros, conforme falamos na matéria Aliexpress em português especialmente para os compradores brasileiros, a plataforma de e-commerce chinesa viu o trafego de consumidores brasileiros subir para 27 milhões de visualizações de páginas mensais.

No entanto o Aliexpress ainda seguia, em 2014, tendo um menor volume de vendas que o Ebay e o Amazon, os dois famosos sites de compras de origem americana, em que muitos vendedores também revendem produtos chineses.

Os brasileiros compraram US$ 4,5 bilhões de mercadorias importadas dos sites Ebay, Amazon e Aliexpress entre junho de 2013 e junho de 2014.

A chegada de um Centro de Distribuição do Aliexpress no Brasil agilizaria e muito a entrega de mercadorias para os consumidores brasileiros que teriam uma experiência bastante parecida com comprar em uma loja brasileira.

Se a intenção se tornar realidade perdem os milhares de vendedores que sobrevivem de intermediar compras para brasileiros no Aliexpress, no sistema denominado DropShipping, em que o comprador paga para o vendedor brasileiro comprar direto da China e mandar entregar na casa dele aqui no Brasil.

Outra grande plataforma de comércio virtual, além do Aliexpress Brasil, que também prometeu montar um centro de distribuição por aqui foi o site Dealxtreme.

O grande problema da reportagem enviada pelo site ImportaBR sobre o centro de distribuição do Aliexpress no Brasil é que ela é de setembro de 2014 e de lá para cá parece que a coisa não caminhou nada.

Mas seria bom se caminhasse.

Você pode ler dezenas de matérias que publicamos sobre o Aliexpress Brasil clicando aqui.