Terroristas de Paris usavam Playstation 4 para se comunicar

764

As investigações sobre como os terroristas que atacaram Paris neste Áºltimo final de semana articularam o seu plano está levando a uma surpresa que deverá levar Á  mudança definitiva na maneira de como as pessoas poderão se divertir com seus consoles de jogos.

Os investigadores que estão revirando os locais usados pelos terroristas ja identificados entre as cidades de Paris e Bruxelas desconfiaram de um equipamento que É comum na residência e outros locais de convivência de todos eles, o Playstation 4.

Mais estranho ainda É que não há indÁ­cios nestes consoles de que os terroristas estivessem viciados em games, muito pelo contrário, tudo leva a crer que eles usavam os Playstation 4 para se comunicar.

Apesar de existirem dezenas de aplicativos de comunicação hoje em dia, como o popularÁ­ssimo WhatsApp, a opção dos terroristas por usar o Playstation para se comunicar É que este consolo tem um sistema de privacidade muito efetivo para os seus usuários o que dificulta e torna quase impossÁ­vel que as autoridades consigam rastrear as mensagens trocadas entre os usuários do console sem a autorização da detentora dos servidores de comunicação do Playstation.

A dificuldade É ainda maior se levar em consideração de que há milhões de usuários ativos diariamente jogando games do Playstation e que a comunicação entre os terroristas durante o que parece ser inocentes partidas de games online pode ser disfarçada com jargões de gamers ou atÉ mesmo serem confundidas com ações tomadas pelos jogadores durante partidas de seus jogos de guerra.

AlÉm disto, a troca de mensagens atravÉs da PSN, PlayStation Network, pode correr de diversas formas, como voz, texto e atÉ mesmo mensagens deixadas em pontos especÁ­ficos de jogos que se disfarçariam como missões ou simples mensagens integradas ao universo e a necessidade da continuidade dos jogos.

Jogos como Call of Duty trazem o efeito colateral de ser possÁ­vel escrever mensagens Á  bala nas paredes das edificações existentes no jogo, um tipo de mensagem impossÁ­vel de ser rastreada pois ainda não É possÁ­vel distinguir se um tiro no jogo foi disparado a esmo ou se foi disparado para formar letras em pontos especÁ­ficos do jogo.

Como se pode ver, na guerra contra o terrorismo há muitos pontos difÁ­ceis de serem controlados.