EMBUTEC: CASAS BAHIA/PONTO FRIO OBRIGOU VENDEDORES A ENGANAR CLIENTES SEGUNDO TRT DA 2ª REGIÃO

1434

Sabe aquela garantia estendida, aquele seguro em caso de desemprego, o seguro de vida que os vendedores nas lojas de eletrodomésticos insistem que você inclua na sua compra? Tudo isso é pura enganação, também chamada de “embutec” na gíria dos vendedores destas lojas.

Quem afirmou isso foi o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região ao analisar recurso de um empregado da Via Varejo, controladora das grandes varejistas Casas Bahia e Ponto Frio, sobre um pedido de indenização de um ex-vendedor da rede que declarou ter sido obrigado pela empresa a enganar clientes, incluindo em suas compras serviços não ajustados, ou seja, as tais garantias estendidas e seguros.

A 2ª Vara do Trabalho de São Paulo julgou o pedido improcedente, no entanto, ao recorrer ao TRT o tribunal julgou como devida a reparação. Na sentença, o TRT da 2ª Região afirma que ficou amplamente provado que os vendedores eram orientados a enganar os clientes, conduta que resultaria em conflito ético e constrangimentos de cunho emocional e moral que atingiam a todos os vendedores e a cada um em particular.

O TRT-2 arbitrou em R$ 10 mil a indenização devida pela Via Varejo ao ex-empregado, no entanto, a empresa recorreu ao TST que confirmou que houve ofensa moral ao empregado e também opressão e coação no caso, no entanto, julgou a indenização excessiva e baixou o valor da mesma para R$ 3 mil.

A Via Varejo, em pronunciamento, afirma que zela pelo respeito e transparência no trato com os seus empregados e que, sobre o caso, está prestando os esclarecimentos necessários à justiça.

SIM, NÓS TEMOS TELEGRAM E SE VOCÊ TEM TAMBÉM CLICA LOGO NO LINK AÍ E CONHECE O NOSSO: https://t.me/gpspezquizaoficial