SATELITE foi AVARIADO POR LIXO ESPACIAL

747

E o lixo espacial – ou talvez um micro fragmento de um asteroido – acertou e avariou um satÉlite na Áºltima semana, que por sorte não se tornou totalmente inoperante.

Este satÉlite É o Sentinel-1A, que É um satÉlite de observação terrestre que ficou com um buraco de 40 centÁ­metros em sua placa solar.

O mais impressionante da história É que pelos cálculos dos os controladores do centro de Darmstadt, na Alemanha, que controlam o Sentinel-1A, o satÉlite foi atingido em sua placa solar por um objeto espacial de apenas um milÁ­metro de diÁ¢metro, que tanto pode ser um lixo espacial proveniente de outros satÉlites desativados quanto pode ser um pedacinho de um meteorito.

Os controladores descobriram que o Sentinel-1A havia sido atingido por este detrito a telemetria do satÉlite mostrar que ele estava perdendo energia e não estava mais conseguindo manter a órbita programada, então eles ligaram as cÁ¢meras que monitoram o posicionamento das placas solares do satÉlite, que geralmente só são usadas somente após a colocação do satÉlite em órbita para ajudar no correto posicionamento das placas solares com o satÉlite em órbita, e viram o buraco feito pelo lixo espacial na placa solar do satÉlite.

O Sentinel 1-A está sendo tido como um satÉlite que atrai acidentes, quando ele foi colocado em órbita ele quase foi totalmente perdido e por sorte não se chocou com outro satÉlite em órbita, tendo passado a apenas 20 metros deste satÉlite enquanto ainda estava fazendo as suas primeiras manobras de posicionamento em órbita.

O Sentinel 1A ainda segue operante, mas ninguÉm sabe atÉ quando.