Cerca de 50 satÉlites cessaram suas atividades em 2013

793

Fim da vida Áºtil, falta de combustÁ­vel e falhas tÉcnicas, por estes motivos, cerca de 50 satÉlites que orbitavam a Terra foram desativados em 2013.

Algumas destas desativações foram bastante impactantes para a comunidade cientÁ­fica, como É o caso do satÉlite telescópio Kepler da Nasa, que teve problemas tÉcnicos em um do seus conjuntos de manobra do satÉlite o que impede que ele possa ser movimentado com precisão para a busca de planetas no Universo.

Recentemente o Kepler identificou três planetas com condições de abrigarem vida similar Á  encontrada na Terra.

Os cientistas ainda tentam traçar um plano para continuar a usar o Kepler, já que o satÉlite telescópio custou US$ 600 milhões.

Mas o Kepler não foi o Áºnico satÉlite telescópio a ser desativado em 2013, a Agência Espacial Europeia tambÉm perdeu um satÉlite telescópio sem chances de ser utilizado novamente, foi o satÉlite telescópio Planck, que cumpriu a missão para a qual foi lançado ao espaço e foi desativado definitivamente.

A agência europeia tambÉm perdeu o satÉlite observatório Herschel, por falta do gás que mantinha o equipamento resfriado.

Acidentes com foguetes lançadores de satÉlites tambÉm acarretaram perdas de satÉlite durante o ano, as perdas mais famosas ocorreram com os foguetes russos Proton, que em julho, de uma vez só, perdeu três satÉlites da rede de navegação russa GLONASS, concorrente do sistema GPS inventado pelos Estados Unidos.

De 2010 a 2013 os foguetes Proton sofreram cinco acidentes o que manchou a reputação da agência espacial russa.

Em fevereiro o satÉlite intelsat 27, que seria usado pela operadora de tv por assinatura GVT para os assinantes brasileiros, foi perdido no lançamento após a falha no foguete lançador Zenit SL.

No segundo semestre de 2013 dois outros satÉlites importantes para a tv por assinatura foram desativados e substituidos, o satÉlite Amazonas 1 foi retirado da posição orbital 61ºW e o satÉlite Hispasat 1C foi retirado da posição orbital 30ºW.

Apesar da desativação de satÉlites, centenas de lançamentos de novos satÉlites estão previstas para os próximos três anos.

Agora continue a ler notÁ­cias sobre satÉlites clicando aqui

satelites desativados 2013


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here