25 mil militares vão combater contrabando nas fronteiras do Brasil

789

Para quem sobrevive de buscar mercadorias nas fronteiras brasileiras, principalmente as fronteiras com o Paraguai, aÁ­ vai uma notÁ­cia nada agradíel.

Por estarmos em vÉspera da Copa das Confederações, as forças armadas brasileiras deflagraram mais uma vez a operação Ágata em que vão mobilizar um efetivo de 25 mil militares para fiscalizar diversos ilÁ­citos nas fronteiras brasileiras, entre eles, a entrada no Brasil de mercadorias de descaminho e contrabandeadas.

O alvo principal dos militares serão armas e munições, alÉm de drogas, venenos e anabolizantes que se tornaram muito mais comuns entrarem pelas fronteiras do sul do paÁ­s.

Os militares contarão com o reforço da PolÁ­cia Federal que continuará a atuar na fiscalização das fronteiras e disponibilizará bases e equipamentos para facilitar o trabalho da operação Ágata 7.

AlÉ disto os militares vão deslocar para as fronteiras armas de grande poder destrutivo, alÉm de tanques, helicópteros, barcos e navios de combate.

O movimento dos militares na fronteira do Paraguai já está sendo notada inclusive com a repressão aos portos clandestinos existentes entre as cidades fronteiriças da região de Foz do Iguaçu.

Mas nem só de repressão viverá a operação Ágata 7, segundo os militares durante todo o tempo em que a operação Ágata 7 estiver acontecendo eles tambÉm prestarão serviços de atendimento mÉdico e odontológico para as populações das regiões fronteiriças.

Esta já É a sÉtima edição da operação Ágata 7 e a cada vez que a operação É deflagrada na fronteira os armazÉns que guardam mercadorias apreendidas ficam muito mais abarrotados com todo tipo de mercadoria apreendida.

A operação Ágata 7 deverá ser mais um duro golpe contra os importadores de receptores de tv via satÉlite piratas apesar de estes produtos não serem o principal alvo da operação, mas fatalmente centenas destes receptores devem ser apreendidos no pente fino que os militares farão na fronteira.

Este É mais um presente da Fifa para a população brasileira por conta da Copa do Mundo 2014.

operação agata 7 fronteira brasileira

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here