SERVIDORES IPTV: CENTENAS FORAM APREENDIDOS HOJE NA MAIOR OPERAÇÃO DE COMBATE JÁ EXECUTADA NA EUROPA

2496

A maior operação de combate à rede de distribuição de canais da tv por assinatura, filmes e séries, ilegalmente, através de IPTV, foi executada hoje pela Polícia Nacional da Espanha, juntamente com forças policias do Reino Unido, Dinamarca e da Europol.

A informação é de que 11 “fazendas” de servidores IPTV foram fechadas. Através desta rede de distribuição ilegal de conteúdos da tv paga, eram ofertados cerca de 800 canais da tv por assinatura, além do video on demand de filmes e séries.

Em cada uma das fazendas fechadas operavam, ininterruptamente, 24/7, dezenas de servidores IPTV, para conseguir servir a todos os clientes que contratavam os serviços. Alguns destes locais tinham até 44 servidores IPTV em funcionamento. Os assinantes do serviço ilegal chegavam a pagar até 460 euros mensais pelo acesso aos canais premium de esportes de toda a Europa.

A investigação começou por uma denúncia bem mais simples, feita pela Premier League, contra um site de conteúdo IPTV da região de Málaga, na Espanha. O site ofertava um pacote com 800 canais da TV por assinatura e dava destaque a uma grande biblioteca de filmes e séries recém lançadas nos Estados Unidos. O servidor IPTV também ofertava uma grande quantidade de rádios estrangeiras.

O site ofertava diferentes opções de pacotes e também descontos progressivos para que os assinantes se mantivessem nele durante mais tempo, como dito acima, dependendo do pacote escolhido o preço variava entre 44 e 460 Euros mensais.

O site fazia impulsionamento de suas ofertas nas redes sociais, que levavam a diferentes páginas aquisição dos pacotes para clientes de diferentes países europeus: Espanha, Dinamarca, Reino Unido, Letônia, Países Baixos e Chipre.

A organização cresceu de forma vertiginosa, como visto pela quantidade imensa de servidores IPTV que eles tinham e que foram, agora, apreendidos pela polícia. Para conseguir despistar as investigações policiais eles se valeram de alta tecnologia além de acordos com provedores de internet por fibra ótica legais, para os quais chegaram a vender algumas de suas bases de assinantes. A engenhosidade toda da organização chegou a se alastrar por 30 países europeus.

A polícia estima que chegaram a lucrar 8 milhões de euros enquanto estavam ativos.

Foram realizadas, simultaneamente, 14 operações para o fechamento dos servidores desta organização: oito na Espanha (Madrid, Málaga e Alicante), quatro na Dinamarca e duas no Reino Unido.

SIM, NÓS TEMOS TELEGRAM E SE VOCÊ TEM TAMBÉM CLICA LOGO NO LINK AÍ E CONHECE O NOSSO: https://t.me/gpspezquizaoficial