PF aconselha usuários de Receptor Pirata a entregarem o aparelho em uma delegacia

1894

Esta semana fomos surpreendidos pela mais importante operação de combate Á  pirataria da tv por assinatura ocorrida no Brasil, operação que desmantelou, segundo a PolÁ­cia Federal, PF, uma quadrilha que agia a partir de 4 estados brasileiros e que vendia receptores piratas e desbloqueio dos canais da tv por assinatura para 16 estados brasileiros.

A PF tanto prendeu pessoas que faziam parte desta quadrilha de pirateiros da internet, quando fechou um grande servidor de cardsharing que tinha 10 mil clientes.

A operação recebeu o nome de Fake Sat.

Conforme falamos na matÉria Operação Fake Sat, mais detalhes sobre Central de TV Pirata fechada pela polÁ­cia em 4 estados, a polÁ­cia afirmou que vai indiciar os usuários do servidor de cardsharing que era mantido pelos homens presos na operação Fake Sat, e que irá processá-los por estelionato e descaminho.

Mas deu uma alternativa aos usuários de cardsharing que desconfiam terem caÁ­do na operação Fake Sat, e mesmo para quem esteja temeroso em cair em uma das próximas operações de combate Á  pirataria da tv por assinatura… Sim, haverão outras operações semelhantes Á  Fake Sat, que foi “incentivada” pelas operadoras de tv por assinatura brasileira.

A alternativa dada pela PF aos usuários de cardsharing que quiserem ter a sua pena amenizada É entregar os seus receptores piratas em uma delegacia e assinar um termo de entrega e confissão de uso do sistema de cardsharing. Tal confissão será uma espÉcie de delação premiada do cardsharing.

É claro que há aÁ­ um elemento de pressão psicológica contra o usuário de pirataria da tv por assinatura, principalmente contra os usuários de cardsharing e IKS.

O GPS.Pezquiza.com, desde sempre, alertava os seus leitores quanto aos perigos de usar receptores piratas quanto Á  facilidade que o uso de cardsharing dá Á  polÁ­cia em identificar e encontrar o usuário do cardsharing.

Muitos duvidavam que chegaria o dia em que realmente pudesse dar problema para o usuário de cardsharing e IKS.

Pois É, este dia chegou, junto com toda a organização de pirataria de tv por assinatura que foi desmantelada pela PF na operação Fake Sat.

Quanto se É realmente vantajoso para o usuário de cardsharing entregar o seu receptor pirata em uma delegacia e se declarar “culpado” de pirataria da tv por assinatura, o que significa estelionato e descaminho para a PF, É muito complicado de se julgar.

Isto por que, por medo, a pessoa irá se condenar sendo que poderia nunca ser identificada pela PF como usuário da tv pirata.

Cada usuário que for denunciado pela PF será um caso diferente, e depende de sua situação perante Á  justiça brasileira para saber se a denÁºncia será mais ou menos danosa para este usuário.

Para quem É primário, a chicotada será mais leve mas será um motivo de arrependimento por todo o resto da vida da pessoa.

Mas deve-se levar em conta que só no caso da Fake Sat são mais de 10 mil pessoas e denunciar todos estes É muito difÁ­cil, então isto será feito por amostragem.

A ação mais lógica, para o usuário de cardsharing, no meu ponto de vista, e isto já foi aconselhado aqui no GPS.Pezquiza.com, É desligar o seu receptor pirata da internet para sempre.

Se você quer continuar a usar tv pirata… Bem, você vai continuar no risco, tendo consciência de isto É uma ação perseguida pela justiça brasileira, agora com força que antes…

Você deve ter consciência de que está correndo um grande risco para assistir tv paga sem pagar.