TV via satélite paga despencará na América Latina até 2027 dizem especialistas

202

A TV via satélite por assinatura carrega uma tendencia de perda de milhões de usuários pelos próximos anos e até o ano de 2027. Pelo menos é isto o que diz uma análise de mercado feita pela Digital TV Research para os países da América Latina (obviamente o Brasil está incluído).

A situação em geral da TV paga por aqui não anda muito boa, com uma previsão de estagnação do número de assinantes atual em toda a América Latina, que é de 82 milhões de assinantes para as operadoras de tv por assinatura.

O mercado de tv paga da América Latina já passou por períodos bem eufóricos até o ano de 2017 quando alcançou 73 milhões de assinantes e parecia estar correndo a passos largos para chegar em 2020 na casa dos 100 milhões de assinantes… Não foi isto, no entanto, o que se obteve.

De lá para cá o mercado de tv paga demorou para alcançar os atuais 82 milhões de assinantes e quando este total foi alcançado ele simplesmente estagnou. A situação, na realidade, poderia até mesmo ser pior se um fator não tivesse equilibrado o declínio de assinaturas da tv via satélite: as plataformas de tv via streaming por assinatura.

De 2017 para cá a tv via satélite já perdeu mais de 4 milhões de assinantes e esta perda se acelera podendo levar aquele total de 82 milhões para um viés de queda. O que salvou foram os quase 5 milhões de assinantes que chegaram aos SVOD (video on demand por assinatura) ou a tv por assinatura via streaming.

Há aí no entanto um problema para as operadoras de tv paga controladas por grupos que não estão em território norte americano… As plataformas de tv por assinatura via streaming sediadas nos Estados Unidos estão abocanhando com cada vez mais rapidez o mercado que anteriormente era da tv por assinatura via satélite e outros modelos mais tradicionais. Desta forma as empresas europeias estão sendo, aos poucos, empurradas para fora do mercado de tv paga na América Latina.

Podemos dizer que esta situação era bastante óbvia mas as operadoras de tv de modelo tracional ainda não resolveram reagir para valer nesta situação.

É de se pensar que no Brasil o uso das antenas offset, que por aqui são conhecidas como sinônimo de tv por assinatura via satélite, passem a ser reconhecidas como sinal de tv digital aberta via satélite e a internet se torne o sinônimo de tv por assinatura.

O que você acha?

Compartilhe e continue no GPS.Pezquiza.com.