SE PASSOU POR TÉCNICO DA VIVO PARA FURTAR SMARTPHONES

929

Mais uma história de golpe que com certeza, após você tomar conhecimento, irá se lembrar de algum caso parecido ou quem sabe você mesmo já tenha caído neste ou em algum que tenha a mesma forma.

Segundo o jornal Patos Hoje, da cidade de Patos de Minas-MG, duas funcionárias de um hotel da cidade entraram em contato com a redação do jornal solicitando ajuda para localizar um homem que havia se hospedado no hotel e furtado os smartphones delas fazendo-se passar por técnico da Vivo.

Os elementos desta história são bastante estranhos e revelam muito sobre como é que funciona a mente do cidadão brasileiro.

O golpista chegou ao hotel no último final de semana, no sábado, sendo conduzido por um mototáxi, trazia uma roçadeira e uma mochila, solicitou a hospedagem informando que passaria uma semana inteira no hotel tendo se identificado como Luiz Vagner Rabelo e que tinha a idade de 60 anos.


Na segunda feira o golpista conseguiu ganhar na lábia a confiança das empregadas do hotel e lhes disse que também trabalhava como técnico de telefonia para a operadora Vivo, desta feita se ofereceu para instalar internet nos smartphones das empregadas – nesta parte o jornal não contou que internet seria esta, mas para o bom entendedor… – sendo que para isto elas deveriam desbloquear os aparelhos. As moças fizeram o desbloqueio dos smartphones, um J7 Metal e um Moto G, e lhe entregaram os aparelhos

O homem se ausentou alegando que iria fazer o serviço e desapareceu, deixando para trás a mochila com a qual ele havia chegado, sobre esta os empregados do hotel desconfiam que também havia sido furtada por ele. Ele também não havia acertado nenhum dia de hospedagem.

Foi também informado que o homem tem um sotaque carioca e uma cicatriz próximo à boca. O hotel tem câmeras de segurança na parte externa que filmaram o hóspede golpista chegando na garupa do mototáxi, esta imagem você pode ver abaixo.

.