DECODIFICADOR 4K DA NET TV ESTÁ IRRITANDO USUÁRIOS

13744

O preço do pioneirismo não se limita ao financeiro, ele também tem que ser pago, em muitas das vezes, em paciência.

É o que está ocorrendo com os primeiros usuários que estão usando o novo decodificador 4K na NET TV que chegou à operadora por ocasião da Copa do Mundo 2018.

O aparelho é o SAG4KC362.

Por enquanto, por informação dos assinantes da NET TV, o receptor 4K da operadora está limitado às seguintes cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Campinas, Ribeirão Preto, Santos, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis.

lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo
lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo

Para usar este decodificador 4K da NET TV, segundo comunicado que a operadora tem enviado por e-mail em resposta a seus clientes de algumas praças, é necessário que o televisor do cliente seja 4K compatível com HDR – HDR é a tecnologia que permite captar as imagens com uma maior nitidez entre as partes mais claras e mais escuras da imagem, possibilitando ver mais detalhes -, também é necessário ser assinante de um dos seguintes pacotes: TOP HD ou TOP HD Max, e por fim pagar uma taxa de R$ 90 pela instalação do decodificador 4K.

A agonia começa ao pedir o danado do decodificador, ocorreram muitos casos em que a operadora confirmou a troca do receptor na casa do cliente pelo aparelho 4K e quando o técnico chegou para instalar não era o modelo 4K e sim outro receptor HD, sendo que o técnico alegava que o mandaram alí apenas para trocar o receptor do cliente por um do mesmo modelo e que ele, técnico, nunca tinha nem visto um decodificador 4K da NET.

Esse tipo de situação tem diminuído durante este mês de junho a medida que a NET vai fornecendo uma maior quantidade de aparelhos para as cidades contempladas com o sinal 4K da operadora, que por enquanto conta apenas com o canal Sportv 4K que tem imagens apenas nos momentos en que estão ocorrendo os jogos da Copa, fora isto é tela preta, também segundo os assinantes que falaram sobre a situação.

Outro problema enfrentado pelos usuários pioneiros do 4K na NET é que a primeira versão do firmware do aparelho apresentou um bug que o tornou incompatível com muitos televisores 4K que são usados pelos assinantes que solicitaram o decodificador, para muitos foi um parto fazer aparecer imagem e mesmo quando ela aparecia, quando era necessário a troca de canal, a danada da imagem sumia de novo.

E por falar em troca de canal, também há relatos de muitos assinantes de que se o decodificador for configurado com a saída de imagem em 4K os canais HD simplesmente não mostram imagem, e o contrário também ocorre, se o receptor for configurado para a saída de imagem em HD, o canal 4K não mostra imagem.

Uma nova atualização para o decodificador 4K foi disponibilizada pela NET mas não posso afirmar com certeza que todos os problemas foram solucionados. Há também que se levar em consideração que muitos assinantes não tem conhecimento técnico para as configurações necessárias entre a tv e o receptor para que estas incompatibilidades sejam resolvidas.

Por fim há a situação do Now 4K que está disponível em algumas praças, com conteúdo da Copa 2018 em 4K e para outras praças não está disponível ou está disponível com menor quantidade de conteúdo.

Como eu disse, ser pioneiro no uso de uma nova tecnologia tem o seu preço que vai além do financeiro.