Lançamento mal sucedido causou perda no novo satélite da GVT TV

653

O lançamento do satélite Intelsat 27, que seria o mais novo satélite da GVT TV e iria acrescentar mais capacidade para a operadora ao lado do satélite Galaxy 11, nem chegou a alcançar a órbita e foi perdido no lançamento.

Depois de ter sido cancelado mais de uma vez o lançamento do Intelsat 27, na madrugada do dia 01 de fevereiro de 2013 desenvolveu-se erroneamente desde o começo, o que acabou com a perda do satélite e a desmoralização da empresa SeaLaunch, que começava agora suas atividades no mercado de satélites.

O lançamento começou às 01h56 com o Zenit-3SL decolando da plataforma no meio do oceano, na realidade uma plataforma de perfuração de petróleo que foi convertida em plataforma de lançamento de foguetes.

25 segundos após o lançamento, quando os motores da primeira etapa foram desligados, o foguete começou a derivar fora da rota de vôo planejada.

40 segundos após o lançamento a telemetria do foguete foi totalmente perdida, o foguete começou um vôo horizontal até mergulhar no oceano e desaparecer.

A SeaLaunch está ainda investigando as causas da falha no lançamento, mas já se sabe que este lançamento equivocado do Intelsat 27 foi o primeiro prego no caixão da empresa, a SeaLauch é uma marca que já pertenceu a um outro grupo que faliu em 2007 e vendeu a marca em 2010 para o grupo que agora tentava retomar a empresa e tinha no lançamento do Intelsat 27 o seu grande cartão de visitas.

A Sealaunch tinha em seu futuro o lançamento de mais dois foguetes, o Asiasat 6 e o Asiasat 8, que agora são projetos incertos.
intelsat 27 perdido no lançamento