FATIMA BERNARDES E SEU ENCONTRO ENQUADRADOS PELO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

892

Finalmente o Ministério da Justiça tomou alguma ação em relação aos conteúdos indevidos veiculados pela Globo no programa matinal Encontro com Fátima Bernardes. Mas vai vendo…

Apesar de todos os dias o programa Encontro com Fátima Bernardes veicular conteúdo que somente uma ameba não consegue compreender que são indevidos para o público infantil, foi necessário um grande desconforto público contra a exibição de uma “atração” musical no programa para que o órgão competente tomasse alguma ação na tentativa de conter as indecências veiculadas no programa da Globo, o que, para ser bem sincero com você, a emissora não deverá cumprir da maneira correta, vai continuar a usar subterfúgios para veicular conteúdo não apropriado para o horário.

O fato é que quando a apresentadora levou a funkeira Ludmilla para apresentar no matinal a música que faz apologia à maconha, Verdinha, para impactar o público infantil (sim, tem muita mãe sem noção que coloca os filhos para assistir esse lixo global) do programa e os ensinar desde cedo as maravilhas da erva do capeta, criou-se um desconforto entre os espectadores e só aí o Ministério da Justiça entendeu que havia necessidade de analisar se a programação do Encontro com a Fátima encaixa-se mesmo na classificação “Livre”.

Uma equipe analisou, por 30 dias, o conteúdo subsequente ao da apologia à verdinha e com certeza assistiu muito conteúdo prejudicial às crianças nesses tais dias de análise.

Infelizmente como o Brasil é um país que passa pano para o erro, principalmente dessa emissora à qual muitos brasileiros simplesmente não conseguem viver sem assistir, o Encontro com a Fátima foi reenquadrado na classificação indicativa de 10 anos e nessa nova classificação o programa continua a poder ser veiculado em qualquer horário.

A Globo seria obrigada a trocar o Encontro com a Fátima para outro horário se os responsáveis pela classificação indicativa tivessem reclassificado o programa para 12 anos.

Mesmo assim a Globo foi notificada de que o Encontro com a Fátima não pode ser mais classificado como “Livre” e que agora é um programa para “10 anos e acima”. Com certeza a emissora está, como sempre, c@gando e @ndando para a medida do Ministério da Justiça.

Foram pedidas outras medidas punitivas contra a apresentadora por fazer apologia à maconha… Não se houve as autoridades falarem sobre isso.

E no programa dela, como sabem, há incentivos a práticas tão e até mais pesadas… Mas é Brasil, está tudo de boa.