POR QUE A MAIORIA DAS ANTENAS PARABÁ“LICAS DO BRASIL ESTÁƒO APONTADAS PARA O C2? [PERGUNTA DO LEITOR]

5673

O Cleder deixou a seguinte pergunta atravÉs de comentário em vÁ­deo no canal GPSPezquizaOficial:


Pq a maioria das antenas parabólicas no Brasil está apontada para o c2 c tem satÉlites com mais canais e melhores q o c2 c?

O motivo são as transmissões de tv analógica via satÉlite que ainda persistem na posição orbital 70°W, a posição orbital ocupada pelos satÉlites StarOne C2 e StarOne C4.

A modalidade de tv analógica via satÉlite, com transmissão aberta atravÉs do StarOne C2, ainda que seja uma tecnologia bastante ultrapassada, ainda É a melhor organizada para entregar ao espectador aqueles canais de tv aberta que ele deseja assistir, tendo ainda como seu maior atrativo as transmissões das emisoras abertas Globo, SBT, Record e Band.

A posição orbital 70°W foi a escolhida pela Embratel, na Época do lançamento dos primeiros satÉlites brasileiros, na dÉcada de 80, como a principal posição para o fornecimento de serviços de televisão para o Brasil. As emissoras brasileiras atÉ então dependiam da locação de espaço de transmissão em transponders de satÉlite americanos, o que tornava a ligação entre emissoras e afiliadas muito cara e proibitiva para a expansão da televisão no Brasil.

Os satÉlite Brasilsat A1 e Brasilsat A2 foram os impulsionadores da TV no Brasil, sendo que o Brasilsat A2, lançado em 1986, ocupou a posição orbital 70°W e tornando-a, a partir de então, a hot position da tv via satÉlite no Brasil, pois foi a posição orbital que alavancou a expansão da televisão no paÁ­s, concentrando a transmissão das principais emissoras de tv aberta brasileiras, de forma analógica, inicialmente com o objetivo de as afiliadas receberam o sinal nacional da emissora, colocarem os comerciais e a programação local no horário devido.

Como não havia codificação na tv analógica – na verdade na Época pouco se pensava em codificação de transmissões de tv via satÉlite -, logo algumas empresas viram a oportunidade de lucrar com aquelas transmissões de tv via satÉlite. As retransmissoras de tv terrestre abrangiam poucas áreas geográficas do Brasil, limitadas aos locais de maior concentração urbana. A TV analógica via satÉlite no Brasil logo se tornou um sucesso, principalmente em cidades do interior e zonas rurais, tendo a posição orbital 70°W, ocupada pelos Brasilsat A2, Brasilsat B4 e agora StarOne C2, se tornado a com maior nÁºmero de antenas parabólicas apontadas para ela no Brasil.

A estimativa É de que haja mais de 20 milhões de parabólicas apontadas para a posição orbital 70°W, e já chegou a se falar em 17 milhões destas antenas como sendo para a captação da tv analógica via satÉlite.

Atualmente o C2/C4 integra, alÉm de transmissões de emissoras abertas para suas afiliadas, pacotes de canais para a tv por assinatura, tv analógica via satÉlite e outros serviços de telecomunicações para empresas.

Mesmo com o fim da vida Áºtil do C2, prevista para breve, quando o satÉlite será substituÁ­do pelo StarOne D2, a posição orbital 70°W deve continuar a ser a hot position do Brasil, mesmo com o fim das transmissões de tv analógica via satÉlite para o nosso paÁ­s.

SIM, NÁ“S TEMOS TELEGRAM E SE VOCÁŠ TEM TAMBÉM CLICA LOGO NO LINK AÁ E CONHECE O NOSSO: https://t.me/gpspezquizaoficial