COMO A MÁDIA TORNA RIDÁCULO O QUE É VERDADE

850

Quero compartilhar com você mais um excelente vÁ­deo do canal DÉbora G. Barbosa em que ela mostra como a mÁ­dia ridiculariza diversos assuntos que são verdadeiros, na intenção que você não dê a devida importÁ¢ncia a estes assuntos ou mesmo desacredite, considere absurdas, verdades que são inconvenientes para aqueles que financiam a grande mÁ­dia.

Este conhecimento É importante para todos mas principalmente para aqueles que gostam de consumir televisão, não como um meio de entretenimento, mas como se a televisão fosse a dona suprema da verdade universal. Se você está nessa Áºltima categoria, cuidado, pode ser tarde demais quando você descobrir que está sendo manipulado.

Para este vÁ­deo mais uma vez eu colocarei tambÉm a transcrição, já que volta e meia recebo mensagens de alguns leitores reclamando que não estavam podendo assistir ao vÁ­deo mas gostariam de poder ler a transcrição dos mesmos.

A Ridicularização Da Verdade AtravÉs Da MÁ­dia

TRANSCRIÁ‡ÁƒO:

A ridicularização da verdade atravÉs da mÁ­dia.

Bom dia pessoal, bem vindo a mais um vÁ­deo e hoje eu quero falar sobre um assunto que está diretamente ligado ao canal, atÉ porque tem muita gente que pensa que as coisas que eu falo são teorias da conspiração.

Eu detesto esse tema: teoria da conspiração, mas eu quero falar um pouco sobre como a mÁ­dia (a mÁ­dia É uma coisa que surgiu oficialmente no sÉculo 20 e daÁ­ tomou conta do mundo inteiro) como a mÁ­dia tem ridicularizado a verdade.

Vocês podem ver que eu tô aqui com um vÁ­deo no computador do Porta dos Fundos e durante o vÁ­deo eu vou voltar a esse assunto, mas tem um motivo por que eu tô com o vÁ­deo aqui aberto, e como você sabe eu estou fazendo agora na minha dissertação do mestrado nesse curso de inteligência, e pra quem não sabe ainda, por que eu ainda escuto gente me mandando e mail falando: ah como É que vocês estuda inteligência e revela toda a informação assim no youtube?

Gente, eu não sou espião tá bom? Eu sou apenas uma estudante de inteligência. Inteligência que É como as organizações de espionagem tem coletado, analisada, disseminado informações ao longo do perÁ­odo histórico, então, o que eu estou estudando É a história, não estou estudando o que o MI5 está fazendo exatamente agora. AtÉ poderia, mas o problema É que a gente não tem documento, não É permitido documentos serem vazados ao pÁºblico sobre o que o MI5 está fazendo agora, enfim, e tambÉm lembre que inteligência não É cyber espionagem, tem uma diferença bem grande.

Eu tô fazendo mas a minha dissertação, agora, em propaganda e no efeito da mÁ­dia na manipulação do pÁºblico, então, um dos pontos que eu estive estudando que eu acho importante mencionar pra vocês, pra entender um pouco melhor o que eu quero dizer, um dos pontos que eu estava estudando É a Época de Stalin na RÁºssia.

Stalin estava no poder na RÁºssia desde o começo de 1920 atÉ 1953 quando ele morreu. O perÁ­odo que ele esteve no poder É um perÁ­odo muito interessante para quem estuda a questão da propaganda porque ele praticamente mudou o sentido dessa palavra. Ele a transformou numa maneira onde, mesmo ele sendo um ditador horrÁ­vel, um cara nojento, que matou um monte de gente, ainda assim, atÉ hoje, muitos russos ainda o respeitam e admiram, tanto que tem atÉ uma reportagem da BBC que fala que eles entrevistaram pessoal na RÁºssia, que tem um censo que foi feito na RÁºssia e que mais ou menos metade da população admira ou respeitam o Stalin, apesar de tudo o que ele fez.

Então, a gente percebe que essa questão da mÁ­dia É muito importante pra a fabricar o conceito pÁºblico de opinião, isso pode ser visto em vários outros exemplos, vários outros paÁ­ses, só que o bom de olhar na união soviÉtica É que É a propaganda foi algo bem oficial mesmo.

A mÁ­dia foi capaz de fazer coisas como dar um motivo para as pessoas para criar o serviço secreto britÁ¢nico.

Já mencionei em um vÁ­deo, falando como a mÁ­dia influenciou a criação do serviço secreto britÁ¢nico em 1909, com a criação de livros de ficção em 1909 por William L. Q., que daÁ­ incitou o medo de uma invasão alemã, que naquela Época ninguÉm pensava que ia acontecer, mas ele criou esse medo atravÉs dos livros dele e daÁ­ surgiu a necessidade de criar um serviço secreto britÁ¢nico.

A rÁºssia É um outro exemplo maravilhoso de como a mÁ­dia foi usada, e quando digo mÁ­dia, eu me refiro a filmes, rádio, mÁºsica e noticiário, todo tipo de mÁ­dia mesmo, então como a mÁ­dia vem manipulando a história desde o começo do sÉculo 20, quando ela começou a ficar popular.

Agora no sÉculo 21, onde a gente está, a mÁ­dia tomou conta nÉ? Porque agora a gente tem computador, a gente tem a internet, a gente tem o netflix, tem tudo, então fica muito fácil alterar a realidade das pessoas.

Naquela Época, de Stalin, onde não tinha o nÁ­vel de mÁ­dia que tem hoje, já foi possÁ­vel, apesar de que as pessoas que estavam vivendo lá, elas viam a realidade do dia-a-dia, elas viam que não tinham comida, viam que se elas abrissem a boca elas iam ser mortas, mesmo assim, com a mÁ­dia tão intensa elas aprenderam a amar o próprio sistema e É isso que a gente vê hoje.

Eu noto que as pessoas chegam e falam assim: ah, isso É teoria da conspiração.

Isso É uma fabricação da mÁ­dia, o próprio termo “teoria da conspiração” surgiu atravÉs de filmes. Filmes que ridicularizam as pessoas que vão atrás de informação.

Por que eu tô com esse vÁ­deo do Porta dos Fundos aqui?

Porta dos Fundos É uma plataforma que desde que eu saÁ­ do Brasil eu assisto no youtube, acho que É o Áºnico canal em português que eu assisti atÉ atÉ pouco tempo e É um tanto comÉdia. Eu acredito que muitos de vocês saibam, e tem umas crÁ­ticas muito engraçados do sistema atual, principalmente no Brasil. Só que o Porta dos Fundos tambÉm têm essa mesma questão de ridicularização aa verdade, porque eles fazem piada com tudo e esse vÁ­deo me chamou a atenção, como vocês podem ver, o nome “Plano Diabólico”.

Eu vou tocar um pedacinho aqui para vocês verem:

[Risadas] – vamos dominar o mundo, a humanidade vai se curvar perante a isso, e pra isso eu tenho um plano infalÁ­vel.
[Sussuros] – Diga, diga, diga…
– Eu vou entrar no corpo do [incompreensÁ­vel]

Esse vÁ­deo me chamou a atenção porque eles estão fazendo piada com aquele fato de possessão demonÁ­aca no ser humano, eu não sou uma pessoa religiosa, quem segue o meu canal já sabe que eu não tenho uma religião, apesar de eu acreditar num só deus e deus seguir os ensinamentos do Torá, da BÁ­blia e do Alcorão, eu não tenho uma religião.

Eu sou acadêmico, meu mundo são os livros e mesmo assim eu sei que existe essa questão espiritual, sei que existe essa questão que É escondida da gente no mundo atual, porque no mundo atual, que a gente vive, a gente É limitado Á  nossa realidade, nosso nosso plano fÁ­sico e segundo que o próprio sistema não ensina pra gente isso. No colÉgio não tem ensinamento nenhum sobre essas questões de mundo espiritual, sobre outras dimensões, mas a gente sabe que existe.

Por que? Por causa de cientistas como Nicola Tesla. Por causa de ocultistas, como aquele cara que eu falei pra vocês, o John D., que era o conselheiro da Rainha Elizabeth, 1a no sÉculo 17, entre outras figuras.

A gente sabe que essa questões existem mas É abafado pelo sistema, o sistema abafa isso assim como o sistema abafa outras coisas que as pessoas chamam de teoria da conspiração.

A gente sabe que existe um plano, digamos, pra controlar a humanidade, isso não É teoria da conspiração porque se fosse não haveria tantas pessoas chamadas whistle-blower (delatores) saindo, contando que isso existe.

O próprio George Orwell, que escreveu o livro 1984 e trabalhava aqui em Manchester, ele escreveu esse livro e logo após escrever 1984 ele morreu.

Então, assim, a gente vê que durante a história muitas pessoas saÁ­ram e tentaram avisar os outros, só que o próprio sistema, o próprio sistema educacional abafa essa informação da gente, eles não colocam isso no colÉgio, quem criou o currÁ­culo do que estudar no colÉgio não quer que a gente fique sabendo da real história da humanidade.

Outra coisa: aquela história da enchente de NoÉ, isso já foi comprovado cientificamente, tem um monte de estudo online que você pode pesquisar, a maioria estudo independente, que a arca de NoÉ existiu e que a enchente que tomou conta do mundo, alguns milhares de anos atrás, tambÉm existiu.

A gente sabe, principalmente quem assiste meu canal sabe, que o que É contado pra gente, na realidade, É um pouco diferente do que realmente É a realidade.

A mÁ­dia É uma ferramenta chave pra criar essa ilusão, para manipular o pÁºblico em pensar que se alguÉm chegar e questionar: será que a terra É um globo? será que a Terra É plana? Ah, essa pessoa É idiota. Por que? Porque essa pessoa, de acordo com o que a mÁ­dia me falou, essa pessoa não tem educação.

Então são vÁ­deos como esses, como esses do Porta dos Fundos, que ridiculariza esse processo e faz piada do fato que espÁ­ritos podem tomar conta do corpo humano, que eu já falei inclusive num vÁ­deo anterior, da freqÁ¼ência do medo, que isso É possÁ­vel. Eles fazem piadas sobre esse daÁ­ e a pessoa, quando ela assiste esse vÁ­deo, ela pensa: nossa que engraçado, com certeza, isso daÁ­ É ficção, isso É bobeira.

Pega os filmes, vamos pegar os filmes dos Áºltimos 20, 30 anos, atÉ mais se você quiser, mas vamos ficar só com os Áºltimos 20, 30 anos, você vai ver que a quantidade de filme que que fala de sistemas como outras dimensões, como a questão espiritual, com outras coisas na questão da ficção.

Então os filmes mostram muito dessas coisas na ficção e daÁ­ as pessoas pensam: ah, isso aÁ­ É só filme, isso aÁ­ É só Hollywood, não É real.

Existe muito disso, da mÁ­dia tirando sarro da realidade e É assim que eles convencem as pessoas de que não É real. de que É uma mentira.

Tem atÉ um filme com o Mel Gibson, ele atÉ fez um filme (Teoria da Conspiração) onde ele era um ex agente da Cia e daÁ­ ele sofreu aquele MK Ultra, que eu fiz um vÁ­deo falando, daÁ­ ele esqueceu completamente que ele era um agente da Cia e ele virou um taxista, daÁ­ ele começa a relembrar, começa a contar o que ele lembra. Foi daÁ­ que surgiu esse o termo Teoria da Conspiração, acho que o filme foi lançado nos anos 90, anos 80, uma coisa assim.

A gente tem que, antes de ficar repetindo tudo como um papagaio, que nem um boizinho da boiada, a gente tem que entender de onde vem a terminologia que É usada para descrever tal coisa.

Essa pressão da mÁ­dia, eu vejo muito nos filmes, nos seriados, no Netflix, por exemplo, muita coisa saindo que tira um sarro de temas que realmente aconteceram.

Por exemplo: o próprio Porta dos Fundos fizeram um especial no Netflix onde eles tiram sarro de Jesus, da Áºltima ceia, eles criam uma blasfêmia.

Eu não estou aqui pra bancar a religiosa porque eu já falei que eu não sou religiosa. Só que tem uma coisa, a gente tem que ter um certo nÁ­vel de respeito, porque, quando você começa a brincar muito com esse tipo de tema, temas ligados Á  religião, Á  crença dos outros, essa questão de espÁ­ritos, que nem o Porta dos Fundos fez nesse vÁ­deo aqui, isso não só cria um problema nesse mundo, você não só irrita as pessoas que são religiosas, você cria um problema mais tarde tambÉm, porque, eu, na minha sincera opinião, essa vida É um teste, a gente está na terra para ser testado, então esse tipo de coisa não É bom, ele tira a credibilidade desses assuntos

Porque daÁ­ você vê um filme tirando sarro, ou que nem o Logan Paul, que É um babaca dum idiota aqui no youtube, acho que É um dos youtubers mais lixo que tem e É um dos mais famosos tambÉm.

Coincidência? Ele fez um vÁ­deo tirando sarro dos terraplanistas.

Tá! Só que o vÁ­deo que ele fez não mostra ciência nenhuma, só mostra ele tirando sarro dos terraplanistas por uma hora e pouco, e daÁ­, as pessoas ao invÉs de assistirem esse vÁ­deo, pensar: será que tem alguma verdade por trás da questão da terra plana? Elas assistem esse vÁ­deo daÁ­ pensam: olha que legal, os caras tão apontando e dando risada, vou apontar e dar risada tambÉm.

Essa É aquela antiga mentalidade que a gente vê atÉ mesmo nas crianças no colÉgio, quando uma criança comete bullying contra outra, aponta e dá risada, as outras crianças fazem isso porque a maioria das pessoas têm essa mentalidade de ovelha, sabe? Seguir o rebanho, tipo, não sabem pensar por conta própria e mesmo que você pense por conta própria, que você bata o pÉ e fale: não isso É errado, aÁ­ você vai contra a sociedade, daÁ­ você vai ser renegado, você vai ser um outcast, ou seja, você vai ser uma pessoa que não se inclui nos meios sociais.

Este já É um problema, o próprio sistema já criou tudo, atravÉs da mÁ­dia, principalmente, pra fazer com que a gente pense que a realidade É uma mentira e tirar sarro da realidade.

DaÁ­, parece uma coisa tão absurda, parece uma comÉdia, uma ficção, uma coisa tão absurda que a gente não pára pra pensar: será que É verdade?

A gente não questiona e essa questão, já falei, É as ondas cerebrais alfa, beta, no cÉrebro, ele fica num sistema passivo quando você está assistindo televisão, ele não tá aprendendo.

A televisão É a pior coisa inventada na face da terra porque ela deu poder a essa influência da mÁ­dia, porque antes da televisão surgir, mesmo antes da televisão surgir, a mÁ­dia já tinha um efeito enorme, cinema, jornais e livros. Agora, depois que a televisão surgiu, ficou fácil demais mentir para as pessoas na cara limpa, tanto que já mostrei a exemplo de entrevistas polÁ­ticas que foram dados na televisão que são uma mentira, que são fabricadas e foi assim que É o sistema conseguiu enganar tantas pessoas e fazer com que as pessoas realmente pensem que a vida É só levantar, trabalhar, chegar em casa e assistir novela e dormir.

Isso não É, o ser humano não foi criado para isso, o sistema que foi feito criou ou pelo menos fez com que a gente tivesse que fazer isso: trabalhar para poder comprar uma casa, para comprar comida, poder pagar por tudo, porque, sem dinheiro a gente não vive e todo mundo É parte do sistema, todo mundo precisa ganhar dinheiro.

As pessoas acabam ficam tão ocupadas com o que está acontecendo no trabalho, na faculdade, que elas não param para pensar e analisar: que mundo eu estou vivendo? E quando elas tentam fazer isso ela são desencorajados, por que? Porque daÁ­ a mÁ­dia, o pouco tempo que as pessoas têm, elas vão assistir tv, netflix ou sei lá o quê e a própria mÁ­dia já está falando para ela: não perca seu tempo pesquisando esse assunto que É uma piada e ficção, vamos dar risada.

Então É assim que a mÁ­dia conseguiu distorcer e conseguiu ridicularizar a verdade a ponto de que, se você questionar alguma coisa, se você chegar e perguntar, a Terra É mesmo um globo? Ou se você perguntar: o governo está envenenando a nossa comida? Quais os efeitos da comida geneticamente modificada? Quais os efeitos da vacina?

Se você fizer perguntas você É taxado do que? Teoria da Conspiracão, Conspiracionista nÉ?

Aquela pessoa que acredita em teoria da conspiração, apesar de que, o que você está fazendo É buscando a verdade, ou seja, o oposto, então essa É a realidade hoje.

Como eu falei, eu estou estudando agora que essa questão da União SoviÉtica, a União SoviÉtica É um exemplo perfeito para entender o real efeito da manipulação que a mÁ­dia tem no cÉrebro humano, mas vou falar mais sobre isso conforme vou trabalhando na minha dissertação, para fazer os vÁ­deos especÁ­ficos e o mês que vem, em julho, vai ser um mês especial tematizado sobre a RÁºssia, sobre aquele de paÁ­s, sobre todas as questões dessa parte do mundo.

Entra pro nosso canal no Telegram clicando aqui, clica agora aÁ­ vai!

.