CNN BRASIL – A NOVA EMISSORA QUE AMEAÇA O IMPÉRIO DE MENTIRAS DA GLOBO

1902

Mais uma bomba no colo da Globo, em breve teremos aqui no Brasil mais uma emissora muito forte no ramo da mentira e manipulação de notícias, a CNN americana está montando sua estrutura em nosso país e já começou convocando para o seu time um profissional bastante conceituado da Record.

Douglas Tavolaro, agora ex-diretor da Record, sai da emissora aberta para ser sócio e CEO (Diretor Executivo) da CNN no Brasil. Para que você entenda a importância e a confiança que Tavolaro tinha na Record, ele escreveu a biografia do patrão Edir Macedo.

A separação, no entanto, não foi traumática, já que é claro o interesse da Record de que haja concorrência de peso aqui no Brasil em alguns nichos ainda dominados pela Globo, como é o caso do noticiário ficcional produzido diariamente pela Globo, tanto na emissora aberta quanto na GloboNews.

A CNN é uma das maiores emissoras de notícias do mundo, no entanto perdeu muito espaço nos Estados Unidos para a Fox News, quando o povo americano virou a mesa de carteado dos democratas no país elegendo Donald Trump. Um dos efeitos mais rápidos da eleição americana foi a perda de audiência das emissoras com viés de esquerda, indo essa audiência se refugiar na Fox News, uma emissora de direita.

Neste ponto você pergunta: como é que se pode afirmar que a CNN é uma emissora de esquerda e a Fox News é uma emissora de direita?

Muito simples, nos Estados Unidos as emissoras com a honestidade de declararem o seu viés político, são as próprias emissoras de notícias que fazem questão de se posicionar, declaradamente, como emissoras com viés de esquerda ou de direita. A grande maioria das emissoras de notícias americanas tem viés de esquerda, como é o caso da CNN, atualmente a maior emissora com viés de esquerda nos Estados Unidos.

Ainda não há maiores detalhes sobre o início das atividades da CNN no Brasil, mas podemos afirmar que não é coincidência a vinda desta emissora logo após o início do mandato de Jair Bolsonaro. Outras mídias jornalísticas de esquerda, no Brasil, também perderam a moral e o poder de influência, sendo necessário um novo nome a se posicionar como “confiável”, conquistando, com isto, a capacidade de manipular e os redirecionar para as mesmas pautas podres que a Globo tanto tenta forçar na cabeça dos brasileiros.

A parceria que trará a marca CNN para ser uma mídia multiplataforma no Brasil, apesar de ter licenciado a marca e declarar trabalhar com uma certa independência aqui no Brasil, estará, de qualquer maneira, obrigada a seguir a linha ideológica da CNN, que continua a emitir os canais CNN International e CNN en Espanhol por aqui. Os sócias da CNN Brasil já declararam que a emissora fará um jornalismo “plural”, o que já deixa bem claro o tipo de noticiário da emissora.

Já vai se preparando.

SIM, NÓS TEMOS TELEGRAM E SE VOCÊ TEM TAMBÉM CLICA LOGO NO LINK AÍ E CONHECE O NOSSO: https://t.me/gpspezquizaoficial