Epa! Cuidado se pensa em comprar o Moto X 2° Geração… Veja isto!

3347

Recebi um e-mail hoje de um leitor revoltado com o Motorola Moto X 2° Geração, o celular da Motorola que É considerado top de linha mas que está deixando muitos dos seus compradores na mão por causa de um vÁ­cio de fabricação.

O defeito É tão grave que já tem atÉ MinistÉrio PÁºblico proibindo a venda do aparelho no estado de Minas Gerais.

E sim, É um defeito muito chato, a tela do aparelho que a Motorola declara como sendo Gorila Glass 3, É simplesmente muito frágil e quebra ao levar pequenas quedas.

Para quem já teve um smartphone xingling vagabundo, aquela onde que teve de MP5, MP6, MP7 e aÁ­ por diante, É o mesmo problema, espirrou perto do aparelho a tela trinca.

Segundo as informações passadas pelo leitor Vilamar e que podem ser comprovadas com uma simples pesquisa no Google, a Motorola está fazendo vistas grossas para o problema e só dá manutenção nas telas de clientes que levam o caso ao Procon ou pequenas causas, se tentar consertar direto na assistência tÉcnica a fabricante alega que a quebra da tela se deu por mal uso do cliente e recusa a garantir, cobrando quase R$ 700 pela troca da tela.

Vejam mais informações sobre o problema lendo a Á­ntegra do e-mail que nos enviou o Vilamar:

“Boa noite senhores

O que dizer sobre essa questão, teriam como fazer um postagem sobre esse assunto, pois existem muitas reclamações procom e reclame aqui quanto a fragilidade da tela de vidro do motorola moto x “gorila glass”, sendo necessário a troca de toda parte superior mesmo que somente o vidro tenha sido danificado.

A questão não É pagar a troca do vidro, mas ter que pagar pela troca de toca parte superior, sendo que o celular esta funcionando perfeito, aplicativos e sensores. Isso eles não mencionam em suas propagandas!

Encadeamento de Discussão
Resposta Via e-mail (THAINE ALVES) 21/12/2015 02:12 p.m.
Boa tarde, JosÉ. Tudo bem com você?

Meu nome É Thaine, e vou lhe auxiliar da melhor maneira possÁ­vel por este canal.

Sinto muito pelo acontecido, JosÉ. Infelizmente em casos de danos fÁ­sicos, não há cobertura do reparo em garantia. A Motorola informa que o reparo poderá ser realizado normalmente mediante aprovação do orçamento.

O fato de o aparelho possuir Gorila Glass, não significa que É a prova de quebra do aparelho, ele É mais resistente, porÉm por ter uma tela grande, diferente da maioria dos aparelhos comercializados, necessita-se de maior cuidado, pois dependendo da forma como o aparelho cai, pode de fato, trincar.

Peço desculpas, mas É o tipo de situação em que não conseguimos dar uma solução diferenciada pois foge a polÁ­tica de garantia do aparelho.

O preço do display do Moto X 2ª geração fica em torno R$ 644. Vale lembrar que se seu aparelho for reparado em orçamento em uma autorizada da Motorola, a garantia de fábrica de seu aparelho permanece como se tivesse acontecido nada.

O display É uma das principais peças do aparelho. É um display grande de alta definição então acaba sendo uma peça não muito barata. AlÉm disso, ainda tem a mão de obra do tÉcnico.

Acesse o site https://motorola-global-portal-pt.custhelp.com/app/mcp/trackrepair2, insira o CEP no local indicado e verifique o endereço da assistência mais próxima.

Lembrando que junto com seu aparelho É necessário encaminhar tambÉm: Carregador, cabo USB, Cópia da nota fiscal (que não pode ser manuscrita) e documento com foto. Não precisa levar a caixinha original, se tiver pelÁ­cula, capa protetora ou chip peço que retire pois esses acessórios podem não retornar!

Não se preocupe se não haver uma assistência próxima, neste caso peço que entre em contato com a nossa central de atendimentos!

Segue os nÁºmeros:
Capitais e regiões metropolitanas: 4002 1244
Demais Localidades: 0800 773 1244
Lembrando que o atendimento da central É de Segunda a Sexta das 8 Á s 21hs e Sábado das 8 Á s 18hrs.

Atenciosamente,
Thaine.

Central de Relacionamento Motorola Brasil
www.motorola.com.br
VEJAM OUTRAS INFORMAÁ‡Á•ES SOBRE ESSE MESMO ASSUNTO LOGO ABAIXO.

26/10/2015 19h32 – Atualizado em 26/10/2015 19h32
Procon Fortaleza investiga Motorola por problemas em display do Moto X
Consumidores denunciaram fragilidade no display do produto.
Empresa diz que ainda não foi notificada e explica tecnologia dos displays.
http://g1.globo.com/ceara/noticia/2015/10/procon-fortaleza-investiga-motorola-por-problemas-em-display-do-moto-x.html
MinistÉrio PÁºblico de Minas Gerais – Procon-MG – Assessoria de Imprensa
Consumidor13/11/2015
Procon-MG suspende vendas do celular Moto X 2ª Geração em Minas Gerais

VÁ­cio de qualidade do produto É um dos problemas que motivaram a decisão
https://www.mpmg.mp.br/comunicacao/noticias/procon-mg-suspende-vendas-do-celular-moto-x-2-geracao-em-minas-gerais.htm#.Vnh7elJvBpu

Procon-MG suspende vendas do celular Moto X 2ª Geração em Minas Gerais
Consumidor13/11/2015
Procon-MG suspende vendas do celular Moto X 2ª Geração em Minas Gerais

VÁ­cio de qualidade do produto É um dos problemas que motivaram a decisão

O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MG), órgão integrante do MinistÉrio PÁºblico de Minas Gerais (MPMG), instaurou processo administrativo contra a empresa Motorola Mobility ComÉrcio de Produtos Eletrônicos Ltda, com medida cautelar que suspende as vendas do aparelho celular Moto X (2ª Geração) no estado de Minas Gerais. De acordo com o promotor de Justiça de Defesa do Consumidor Amauri Artimos da Matta, há evidências de que o celular Moto X (2ª Geração) apresenta vÁ­cio de qualidade, pois não suporta impacto e quebra sua tela ao cair de baixa altura.

O promotor explica que são três os principais fundamentos que motivaram a decisão do Procon-MG. O primeiro deles É a colocação de produto no mercado com suposto vÁ­cio de qualidade, por não corresponder ao que foi anunciado. O segundo É a não comunicação do fato, pela empresa, aos seus consumidores, pois o problema É coletivo. O terceiro fundamento É o fabricante só conceder assistência tÉcnica aos consumidores que procuram os Procons e recusá-la, alegando mau uso do produto (queda acidental), Á s pessoas que solicitam intervenção diretamente da empresa. “Essa prática É abusiva, pois o fabricante está fugindo de sua responsabilidade, o que É proibido pelo Código de Defesa do Consumidor”, informou.

Ainda de acordo com o promotor de Justiça, a suspensão das vendas permanecerá em vigor atÉ que a empresa divulgue em seu site (www.motorola.com.br) um comunicado pÁºblico para esclarecer os fatos que vêm ocorrendo com o celular Moto X (2ª Geração). Entre esses esclarecimentos, devem constar a forma de envio do produto Á  assistência tÉcnica para inspeção do aparelho, com custos assumidos pela empresa, e os critÉrios utilizados para atender Á s demandas dos consumidores, nos moldes adotados nas reclamações feitas aos Procons.

A decisão cautelar tambÉm determina que o comunicado deverá permanecer no site pelo tempo necessário ao atendimento das necessidades dos consumidores.”