[Tvs ameaçadas] Concessão para tvs católicas está ameaçada

487

Duas ações civis formam abertas pedindo a anulação das concessões para as TVs Canção Nova e Aparecida.

O autor das ações e o Ministério Público Federal de Guaratinguetá, em São Paulo, que alega que o Ministério das Comunicações outorgou concessão à TV Canção Nova e à TV Aparecida, nos anos de 1997 e 2001, sem a devida licitação, conforme determinada a Constituição de 1998.

As duas emissoras católicas tem sinal aberto na parabólica e em algumas operadoras de tv por assinatura.