WHATSAPP CLONADO OU HACKEADO? APRENDA A DESCOBRIR E SE PREVINIR

383

Hackear ou clonar o Whatsapp de alguém e descobrir se o Whatsapp está clonado ou hackeado. Estas são algumas das questões mais perguntas quando leitores entram em contato com o GPS.Pezquiza.com.

+ SOBRE WHATSAPP

Nessa matéria vamos tratar de como descobrir se tem alguém espiando o seu Whatsapp sem que você saiba, um perigo cada vez mais presente e que tem provacados grandes estragos na vida das pessoas, sejam elas famosas ou “comuns”.

Apesar de Whatsapp ter investido e atualizado bastante para aumentar a segurança de seus usuários, com criptografia, verificação em dois passos entre outros acréscimos, em se tratando de um aplicativo de comunicação que trafega dados via internet, sempre há experts em computação dispostos a encontrar e usar brechas que permitam acessar a troca de mensagens através do aplicativo. Vale lembrar que contra os aplicativos de comunicação também pairam suspeitas de que é possível, nos servidores de aplicativos, que aqueles que controlam esses servidores pesquem a comunicação que por ele passam e leiam e até repassem as mensagens que pelos aplicativos trafegam.

lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo
lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo

Seu Whatsapp está clonado ou hackeado?

Você tem desconfiado de algo estranho em seu Whatsapp, você desconfia que tem alguém interessado em ler a sua troca de mensagens sem que você desconfie?

Whatsapp Web

Muitos usuários do Whatsapp dão bobeira quando o assunto é o Whatsapp Web, eles vivem abrindo o serviço em qualquer computador que encontram conectados por aí o que abre uma brecha enorme para que uma pessoa mal intencionada espione e até roube a sua conta de Whatsapp.

Atualmente, apesar de parecer óbvio que tem que se ter cuidado sobre quanto e onde usar o Whatsapp Web, esta é a forma mais usada para espionar e até mesmo roubar as contas do serviço de comunicação.

E tem mais, a pessoa muito acostumada com o Whatsapp Web muitas vezes se esquece sobre em qual computador está logada ou se está ou não logada a sua conta no WhatsApp Web. É aí que aquela pessoa que está de olho no seu WhatsApp pode aproveitar um minuto de bobeira sua, pegar seu telefone e logar o seu WhatsApp Web em um computador ou dispositivo móvel que ela queira usar para te espionar.

Dependendo da lerdeza do usuário do Whatsapp, esse minuto de bobeira pode escancarar a sua comunicação via aplicativo de mensagens por semanas até que você verifique se está ou não logado em algum computador e quebre a ligação.

Você está em dúvida se existem usuários que nem sabem ou se lembram que o Whatsapp Web existe e por isto mesmo acabam sendo alvo de espionagem através dele? Então…

A melhor maneira de entender se você está sendo vítima de espionagem através do WhatsApp Web é começar a notar se as mensagens que você recebeu e não leu começaram a aparecer, misteriosamente, como lidas. Você pode se surpreender se começar a prestar mais atenção no seu aplicativo de mensagens.

A cada vez que você se separar do seu smartphone por um tempo, a melhor coisa a fazer é acessar a opção do WhatsApp Web no seu aplicativo, verificar se ele está logado e derrubar a conexão para se garantir (se não for você quem está usando o Whatsapp Web, é claro).

Clonagem do Whatsapp

Segundo o próprio Whatsapp, com toda a implementação de segurança atual no aplicativo, a clonagem (usar o mesmo Whatsapp em dois celulares diferentes) é impossível.

Para que uma pessoa consiga clonar o WhatsApp ela precisaria ter acesso ao chip telefônico da vítima, a fim de ativar o Whatsapp clone, além de o uso de um aplicativo interferir no outro.

Mas de quqlquer maneira se você começar a perceber os sintomas de mensagens que aparecem lidas e ao desativar o Whatsapp Web o problema não se resolver…

Aplicativo Espião do Whatsapp e outros comunicadores

Nesta categoria existem aplicativos que uma vez instalados no smartphone da vítima, capturam todo o tráfego de troca de mensagens desta através do WhatsApp e outros aplicativos de comunicação.

Para isto, quem quer espionar o seu WhatsApp precisará ter tido acesso ao seu aparelho para instalar o tal aplicativo mal intencionado. No caso dos iPhones a coisa é um pouquinho mais complicado pois é necessário ter acesso à conta Apple, pois o tráfego de mensagens passa por backup no iCloud.

No caso do aplicativo espião a coisa é bem mais complicada para a vítima, pois além de não deixar nenhum tipo de “pista” de que o telefone está sendo espionado, o aplicativo espião envia para o bisbilhoteiro as mensagens, as chamadas feitas, fotos e imagens e até mesmo as mensagens que o espionado começou a digitar e não enviou.

Detectar esse tipo de aplicativo espião também é muito difícil, as pistas que você terá de que há alguma coisa errada com o seu aparelho são coisas que nem todas as pessoas reparam: o aparelho começa a aquecer um pouco mais no uso dos aplicativos de mensagens, a bateria começa a gastar mais rápido e o consumo de internet é maior do que deveria ser (afinal seu smartphone está, além de trocando mensagens pelo WhatsApp, enviando as suas mensagens enviadas e recebidas, para o seu espião).

A melhor coisa que você tem a fazer se tem sérias suspeitas de que o seu dispositivo está hackeado e tem um aplicativo espião instalado nele é resetar o aparelho para as configurações de fábrica.

E depois disso prestar mais atenção no seu smartphone e não deixar ele aí de bobeira e nem nas mãos de qualquer pessoa.

Entra pro nosso canal no Telegram clicando aqui, clica agora aí vai!

.