Você me emprestaria R$ 156 hoje para receber R$ 1.400 em 2035 garantido?

1215

No dia primeiro de janeiro de 2015 eu dei esta dica muito importante aqui no GPS.Pezquiza.com: Tire o dinheiro da porcaria da poupança e invista certo em 2015… Essa você tem que conhecer.

Eu mesmo já estou usando esta dica para fazer uma reserva para a minha aposentadoria que deve acontecer daqui a pouco mais de 20 anos, afinal, a gente tem que se previnir, 20 anos parece um horizonte distante mas na realidade não É, esta logo alÁ­ e confiar somente no INSS não É uma estratÉgia nada boa.

TambÉm tenho dado esta dica para os meus amigos e parentes que procuram uma forma de aplicar o dinheiro com segurança e ter um rendimento de pelo menos o dobro do que paga a poupança.

Estou falando de aplicação no Tesouro Direto, são tÁ­tulos do Governo que tem uma garantia de pagamento atÉ maior que a da poupança pois você está emprestando dinheiro para o Tesouro Nacional, a reserva que garante tudo que É investido em um paÁ­s e atÉ mesmo o dinheiro que está depositado nos bancos, na prática isso significa que antes de o Tesouro Nacional não poder arcar com os seus compromissos assumidos todo o resto da economia do paÁ­s tem que ter entrado em total colapso, ou seja, todos os bancos pÁºblicos e privados tem que quebrar primeiro para que ocorra um colapso com o Tesouro e ele não possa arcar com seus compromissos.

É seguro, muito seguro, o lado ruim para nós brasileiros É que o Tesouro Nacional brasileiro paga juros muito altos para acumular cada vez mais dinheiro dinheiro de emprÉstimos e ter reservas imensas de dinheiro para investir em todas as áreas necessárias no Brasil. Quanto mais juros o Tesouro brasileiro paga menos dinheiro sobra menos dinheiro para investir na estrutura do paÁ­s.

No entanto, o lado bom para quem quer investir seu dinheiro É que, já que o Tesouro Nacional paga juros muito altos, nós tambÉm podemos nos aproveitar disto e colocar nosso dinheiro lá para receber estes juros que são em mÉdia o dobro do que paga a poupança.

Eu mesmo estou comprando sempre que eu posso duas frações do Tesouro Direto do tÁ­tulo NTNB Principal com vencimento em 2035, que É o prazo que eu estipulei para estar aposentando, neste mês a cada semana que eu pude comprar estas duas frações eu paguei R$ 158,00 em mÉdia por elas com o compromisso de o Tesouro me devolver em 2035 um valor aproximado de R$ 1.407,00.

Ou seja, a cada vez que eu empresto R$ 158,00 para o Tesouro eu sei que vou receber R$ 1.407,00 na data do vencimento, que É 2035, se a inflação brasileira continuar no mesmo patamar atual, que É em mÉdia 6,4% ao ano, se ela aumentar, mesmo que seja um pouquinho, digamos, para 7% ao ano, eu já receberia R$ 1.575,00, que É dez vezes o valor investido.

Em que outro local você colocaria seu dinheiro com baixo risco de investimento para receber ele multiplicado por 10 em 20 anos?

E como É mesmo que eu consegui fazer estes cálculos e sei que É isto mesmo o que o Tesouro Direto vai me pagar daqui a 20 anos pelos R$ 158,00 que investi nesta semana?

Estou escrevendo esta matÉria por que uma pessoa que leu o artigo que citou acima e quer comprar o curso sobre Tesouro Direto que indiquei naquele artigo, me questionou justamente isto.

É bem simples, no site do Tesouro Direto há uma calculadora para que você possa saber quanto vai render o seu investimento em cada um dos tÁ­tulos do Tesouro Direto que por ventura você coloque o seu dinheiro.

Eu invisto em NTNB Principal, por enquanto com vencimento em 15/05/2035, É importante salientar que a NTNB Principal paga de juros ao ano uma taxa prÉ fixada + o Á­ndice IPCA do ano, que É a inflação. Ou seja, ele corrige seu dinheiro pela inflação anual mais uma taxa prÉ fixada, quanto maior esta taxa melhor.

Desta maneira, na calculadora do Tesouro Direto que você pode acessar clicando aqui, basta preencher os campos com os dados correspondentes ao tÁ­tulo e ao valor investido, para o exemplo acima os dados são estes:

TÁ­tulo: NTNB Principal
Data da Compra: 26/01/2015
Data do Vencimento: 15/05/2015
Valor Investido: R$ 156,69
Taxa do Papel na Compra (%a.a.): 5,94 (esta É a taxa prÉ fixada)
Taxa de administração do banco/corretora (% a.a.): 0,4 (É a taxa cobrada pelo meu banco, a CEF)
Taxa de Inflação (IPCA) para o PerÁ­odo (%a.a.): 6,4 (É a mÉdia do IPCA nos Áºltimos tempos)

O calculo retorna os valores corrigidos do tÁ­tulo para você na data do vencimento, mas a informação mais importante É o quanto vai sobrar lÁ­quido para você, que É esta:

Valor lÁ­quido do resgate: R$ 1.407,90

No curso sobre Tesouro Direto do Auditor da Receita Federal, o Eduardinho, ele explica como É possÁ­vel ganhar ainda mais com os tÁ­tulos do Tesouro Direto, alÉm das taxas combinadas ao comprar o tÁ­tulo.

Eu recomendo para quem tem planos de longo prazo como aposentar, pagar a faculdade dos filhos, comprar uma casa daqui a alguns anos, comprar um carro para um filho que ainda É uma criança…

Recomendo que leia a matÉria que citei acima e que conheça o curso sobre o Tesouro Direto do Eduardinho, clique aqui para conhecer, para entender de verdade como É possÁ­vel ter rentabilidades de atÉ 30% ao ano investindo correto no Tesouro Direto.


tesouro-direto-carteira-rica-eduardinho