Receber para andar, a nova forma de ganhar dinheiro… Será?!

61

Se você é uma pessoa que dá alguns passos todos os dias, essa atividade básica da vida pode se transformar em uma nova forma de fazer uma renda extra ou até mesmo uma boa renda mensal. Isto é o que promete uma nova modalidade de plataformas de monetização através de aplicativos para smartphone que contabilizam os passos que você dá diarimente e creditam um valor de em moedas digitais, para você, de acordo com a quantidade de passos que você contabilizou.

A ideia principal do negócio é esta e nós até podemos, em um primeiro momento, a entender com uma mêcanica simples e que, bem, não corresponde 100% ao entendimento básico que possamos ter dela. Vamos dar uma olhada mais de perto na fórmula mágica que esses aplicativos usam para te pagar algumas moedas e aí você decide, por si mesmo, se vale ou não a pena.

Antes de mais nada é necessário que você saiba que essas plataformas onde você irá ganhar dinheiro para andar, irão te pagar através de uma criptomoeda própria da plataforma, a qual poderá ser trocada por mercadorias de anunciantes dentro da própria plataforma e em alguns casos poderão ser trocadas por moeda fiduciária (dólar, etc.) em uma corretora de criptomoedas que as tenha listado.

Se você foi aceito em uma dessas plataformas “move to earn” (movimente-se para ganhar) sem precisar pagar nenhum valor inicial (ou seja, de graça) saiba que a gratuidade na realidade é paga pela sua atenção para os produtos ofertados por anunciantes na plataforma. A mecânica é simples, a marca faz a parceria com a plataforma que “paga para você caminhar” e coloca lá um tênis lançamento com preço (para você adquirir) na criptomoeda da plataforma; você caminha com uma determinada meta diária na plataforma para receber, ao final do dia, algumas criptomoedas da plataforma que valem alguns centavos de dólar, na esperança de quem sabe um dia conseguir acumular o valor que vai te permitir comprar aquele tênis (ou outro produto).

O problema é que o preço do tênis é alto e o seu ganho mensal por caminhar é baixo. Mas calma aí, tudo tem uma solução: basta você comprar a diferença de preço entre o que você tem em criptomoeda da plataforma para o que falta para completar o valor do tênis que você deseja. Dessa forma. na realidade, aquelas criptomoedas que você ganhou por caminhar se transformaram em um desconto para você adquirir o tênis da maneira como sempre adquiriu, com a sua moeda fiduciária de cada dia (real, dólar, etc.).

Entendeu aí onde está a jogada da plataforma? E é ainda melhor para a plataforma “move to earn”: a cada vez que o usuário decide completar com dinheiro fiduciário o valor faltante para adquirir o bem que ele quer, na plataforma; ele se vê obrigado a trocar seus reais por criptomoeda da plataforma e com isto o valor da criptomoeda daquela plataforma começa a subir.

Mas há sim, por enquanto, uma maneira de fazer uma boa quantidade de moedas com esse tipo de plataforma grátis de move to earn; que até corresponde a uma boa renda mensal. Essa maneira é indicando novos usuários para a plataforma, a cada novo usuário que entrar através do seu link de indicação você ganha uma determinada quantidade de moedas que no final do mês podem se transformar em um valor considerável.

Esse segundo método é muito bom para influenciadores digitais com milhares de seguidores que realmente fazem a ação que o influenciador lhes pede que façam.

Tá vendo aí como não existe almoço grátis.

Mas também existe outro tipo de plataforma que te paga para caminhar: o tipo no qual você precisa fazar um investimento inicial para depois ir ganhando criptos da plataforma que podem ser convertidas em dinheiro fiduciário em uma corretora ou também podem ser trocadas por produtos de marcas que patrocinam aquela plataforma.

A coisa funciona da mesma maneira que na onda dos jogos virtuais que pagam para o jogador, como exemplo o famoso Axie Infinity.

No caso das plataformas pagas de move to earn, o “caminhante” paga um valor inicial para fazer parte da plataforma e recebe algum produto em troca (relacionado ao esporte) por ter se tornado parte da plataforma. Para começar a receber tokens este usuário vai precisar cumprir a atividade proposta pela plataforma, para gerar as tais criptomoedas que lhe pertencerão.

Que atividade é essa? Caminhar (ou correr), ué?!

Na teoria esse segundo tipo de plataforma remunera bem mais o usuário que as plataformas gratuitas de ganhar para caminhar. No entanto o que se deve estar atento, nesse caso, é que o pagamento também será recebido em criptomoedas da plataforma e essas criptomoedas tanto podem valorizar (a medida que novos usuários vão comprando essas criptos para entrar na “brincadeira”) quanto podem desvalorizar (a medida que o interesse por esta determinada plataforma/criptomoeda esfria).

Não custa relembrar que a onda dos jogos que pagavam gerou centenas de jogos que faziam muitas promessas de grandes ganhos mas que na realidade somente sumiram com o dinheiro de quem investiu nos tais jogos. Atualmente se conta nos dedos os jogos play to earn que ainda sobrevivem e a euforia por eles diminuiu bastante.

Pense nisto na hora de aderir à moda do move to ear.

Compartilhe esta matéria e continue no GPS.Pezquiza.com.