Governo perseguindo máquinas de cartão de crÉdito

2025

O governo do estado de Goiás está fazendo uma operação que inicialmente tem como alvo bares e restaurantes da cidade que utilizam máquinas de cartão de crÉdito para sonegar impostos.

O modo de ação É muito simples, o estabelecimento utiliza máquinas de cartão de crÉdito cadastrados em nome de pessoas fÁ­sicas ao invÉs de serem cadastrados em nome da pessoa jurÁ­dica dona do estabelecimento.

Desta maneira, apenas uma pequena parte do faturamento diário dos bares e restaurantes já fiscalizados pagavam os impostos devidos.

Equipes de investigadores a paisana passaram o dia verificando quantos clientes pagavam com cartão de crÉdito ou dÉbito em relação a quantos pagamentos no mesmo dia eram declarados pelos sonegadores.

A conclusão foi de que 80% do faturamento com crÉdito ou dÉbito eram sonegados pois os estabelecimentos passavam os cartões em máquinas cadastradas em contas de pessoas fÁ­sicas.

O final desta história foi que três estabelecimentos foram autuados e os gerentes presos em flagrante por crime inafiançíel, os donos no entanto não foram presos e estão sob investigação.

O Fisco goiano diz que o mesmo mÉtodo de sonegação de impostos É usado por muitos outros estabelecimentos no estado.

O cliente que passa seu cartão em diversas máquinas nestes estabelecimentos nem imagina que os bares e restaurantes podem tambÉm estar colocando em risco os dados bancários destes clientes já que a origem destas máquinas alternativas utilizadas para sonegação tambÉm pode ser pouco confiíel.

Diversas quadrilhas adulteram máquinas de cartão de crÉdito e dÉbito para copiar os dados dos chips destes cartões e então clonar os cartões dos clientes que realizaram pagamentos atravÉs destas máquinas.

Abra o olho.