Estados Unidos usaram aviões piratas para espionar celulares… E mais essa agora Obama?!

813

Mais um escÁ¢ndalo de espionagem para queimar de vez o filme do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, que não andava muito bonito desde o caso Snowden. Os Estados Unidos usaram antenas de celulares piratas instaladas em aviões Cessna para roubar informações de comunicações de telefonia celular de cidadãos americanos.

A operação, a cargo dos U.S.Marshals, recolhia informações dos telefones celulares dos cidadãos americanos sem autorização.

A idÉia era relativamente simples mas muito bem implementada, as antenas de telefonia celular pirata eram instaladas nos aviões Cessna que sobrevoavam diversas cidades americanas de maneira que os telefones celulares dos cidadãos eram enganados e passavam a se conectar ao sinal da antena de telefonia móvel pirata achando que estavam se conectando na antena de telefonia móvel original da operadora.

Os equipamentos utilizados pelos U.S.Marshals eram de tão alta tecnologia que nem mesmo as operadoras de telefonia móvel sabiam que havia uma antena pirata infiltrada em sua rede.

E por que os telefones celulares se conectavam Á  antena pirata e não Á  antena original da operadora? Por que os celulares são configurados para sempre se conectar Á  antena com o sinal mais forte, e a antena pirata norte americana era fabricada para oferecer uma potência de sinal sempre bem mais alto que a antena original da operadora que estava sendo invadida.

A partir da conexão da antena pirata aos telefones móveis que estivem na área espionada os espiões puxavam todos os dados que estivessem nos telefones celulares conectados mesmo que estes estivessem criptografados e tambÉm era capaz de gravar as conversas telefônicas.

Segundo o Departamento de Justiça americano só eram mantidos armazenados os dados dos cidadãos que estavam sendo investigados pela justiça e todos os dados dos outros cidadãos eram descartados.

No entanto, um outro problema grave tambÉm foi relatado por causa da antena pirata norte americana, ela interferia no sinal das antena originais e em muitas ocasiões tornava impossÁ­vel que se fizessem chamadas de emergência, deixando milhares de cidadãos em áreas de sombra para qualquer tipo de atendimento prioritário dos serviços pÁºblicos.

Por causa desta interferência ocorreram mortes e outros incidentes de grave monta que não puderam ser atendidos em tempo hábil por conta da espionagem não autorizada dos americanos.

Dorme com mais esse barulho Obama.

antena-telefonia-movel-pirata-americana


espionar-celulares