Eutelsat foi obrigada a dar um satÉlite seu para um concorrente

692

A operadora de satÉlites Eutelsat teve que abandonar as transmissões atravÉs do satÉlite Eutelsat 28A na madrugada de 3 para 4 de outubro para que a sua concorrente SES tomasse posse dos transponders daquele satÉlite. Todos os transponders do satÉlite Eutelsat 28A está plenamente funcionais.

A ação da Eutelsat foi tomada para cumprir uma decisão do Tribunal de Justiça em função da disputa existente entre a Eutelsat e SES pela posição orbital 28,5° leste.

A Eutelsat entregou a posição sem maiores brigas para não causar prejuÁ­zos para os clientes que utilizam este satÉlite.

A perda financeira da empresa será grande, já que para o exercÁ­cio 2013-2014 ainda restava faturar mais 20 milhões de Euros com as transmissões do Eutelsat 28A e para cada ano que o satÉlite ainda se mantiver funcional É estimado um faturamento de 25 milhões de Euros.

A SES tambÉm É dona da posição orbital 28,2° leste e tem como principal cliente dos satÉlites que ocupam esta posição a operadora de tv por assinatura do Reino Unido Sky e a Freesat. Nesta posição estão os satÉlites Astra 1N, Astra 2A e Astra 2F.

Com a posse do satÉlite da Eutelsat a Sky Digital será a maior beneficiada já que os transponders dos satÉlites da SES que estão na posição orbital 28,2 leste poderão trabalhar com mais folga pois muitos canais da operadora deverão migrar para o satÉlite que era da Eutelsat.

Isto significa maior qualidade de imagem para os canais da Sky Digital.

A SES tinha um acordo com a Eutelsat para usar todas as frequências Banda KU da posição orbital 28,5°E mas a Eutelsat não queria cumprir o acordo e tentou ganhar na justiça a posição orbital que agora foi tomada pela SES.

eutelsat


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here