DVBS-2X e HEVC: novos padrão e compressão no satélite de tv

1529

Avalie este artigo [starrater tpl=10]
O site Portal EDS soltou um artigo hoje falando sobre o novo padrão DVBS-2X e sobre a compressão HEVC pois a chegada das transmissões comerciais da Ultra Alta Definição, UHD, mais comumente conhecida como 4K, está se aproximando.

Aqui no GPS.Pezquiza.com já falamos algumas vezes sobre a compressão HEVC, mas sobre o DVBS-2, ainda não haviamos comentado.

A grande coincidência do assunto levantado pelo Portal EDS é que recentemente falamos aqui no GPS.Pezquiza.com sobre o quanto de dados é capaz de transmitir um transponder de satélite e qual a quantidade de canais este transponder é capaz de transmitir, e é justamente sobre este particular que os novos padrões DVBS-2X e o HEVC agem.

Quem leu o artigo que citamos na linha acima, lembra que um transponder DVBS-2 transmite aproximadamente 60 Mbps a uma frequência de 36 Mhz e que um canal para ser transmitido com qualidade de imagem neste transponder ocupa entre 4 Mbps e 9 Mbps, ou seja, cada transponder DVBS-2, com compressão MPEG2, carrega de 6 a 15 canais digitais com qualidade de imagem, e aí também depende se a resolução do canal é SD ou HD.

lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo
lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo

Os muitos testes já feitos para a transmissão dos canais 4K, cuja resolução é quatro vezes maior que a das TVs Full HD, demonstraram que é necessário para cada canal uma taxa de 40 Mbps, sendo transmitido no transponder de 36 Mhz, em DVBS-2 e com compressão MPEG-4, que é muito mais eficiente que a a compressão MPEG-2, este é o padrão atual nas transmissões dos satélites.

Da maneira atual um transponder sendo usado na melhor possibilidade possível conseguirá carregar apenas 1 canal 4K, onde poderiam caber até 15 canais SD ou até 6 canais HD. Desta maneira fica inviável a transmissão dos canais 4K através dos satélites.

Por este motivo estudou-se um novo padrão que será adotado para o início das transmissões comerciais em resolução 4K, este é o padrão DVBS-2 com compressão HEVC.

Em um transponder neste novo padrão e compressão, a capacidade de transmissão de dados ainda estará em 60 Mbps, no entanto, um canal em 4K usando a compressão HEVC ocupará a metada da banda necessária atualmente, ou seja 20 Mbps, mudando a capacidade de transmissão do transponder para 3 canais 4K, ou UHD.

As transmissões em DVBS-2 poderão adotar também novas moduções, além das mais comumente usadas para o usuário final QPSK, 8PSK e profissionalmente 16APSK e 32 APSK; vamos às moduçãos 64APSK, 128APSK e 256APSK.

As transmissões de alguns jogos da Copa do Mundo em 4K já devem adotar o DVBS-2 e o HEVC, no entanto ninguém precisa nem sonhar com a captação do sinal destes canais, pois os receptores de satélite atuais são incompatíveis com o novo padrão e ainda não há notícia de venda de receptores capazes de captar o DVBS-2X e entender o HEVC.

hevc