TV PIRATA À VENDA NO CARREFOUR LOJA FÍSICA EM SÃO PAULO SEGUNDO UOL – TV BOX TX2

1737

Uma daquelas vendas com locutor dentro da loja anunciando um eletrônico em super promoção, numa loja do Carrefour na Zona Leste de São Paulo, repercutiu hoje em grandes portais de tecnologia da internet brasileira. A venda era de uma TV Box, da marca TX2, preparada, segundo a reportagem, para piratear 8 mil canais da tv paga e diversos conteúdos de filmes e séries (nessa parte haviam matérias dizendo que já estavam dentro da memória do aparelho, acho eu que seja um erro do repórter por não conhecer o assunto), inclusive Vingadores Ultimato.

Antes de mais nada quero agradecer ao leitor Wendel que me enviou o link da reportagem, chamando a minha atenção para o assunto.

Segundo dizem alguns portais que fizeram uma cópia da matéria, a “denúncia” original partiu do UOL Notícias, a matéria foi escrita pelo repórter Helton Simões Gomes com colaboração de César Cândido dos Santos, que acredito, este último, seja a pessoa que se deparou com o aparelho em oferta na loja do Carrefour e foi perguntar as minúcias da oferta ao vendedor, tendo inclusive, tirado foto do aparelho em exposição na loja do Carrefour.

A Matéria originalmente feita pelo UOL tem o seguinte título: Carrefour vende caixinha usada para piratear sinal de TV paga


O caso é realmente muito confuso, vamos ao que foi relatado pelo consumidor que se deparou com essa oferta de TV Box pirata nesta loja específica do Carrefour, na zona leste de São Paulo, e então ao que vemos como oferta deste aparelho por outros vendedores que o tem.

O aparelho estava sendo comercializado, conforme foto do produto, pelo valor R$ 599,90, e pelo testemunho ouvido pelo repórter do UOL, o locutor alardeava que era um produto para transformar a TV comum em Smart e que este produto desbloqueava 8 mil canais da tv paga mais filmes e séries… A pessoa que se deparou com a oferta do TV Box TX2 na loja do Carrefour e então passou as informações para a matéria, disse ter ido ao vendedor questionar mais sobre o assunto e que o vendedor teria afirma que: a diferença deste aparelho para os vendidos na Santa Efigênia (famosa região de venda de eletrônicos na capital paulista), é que o aparelho comercializado pelo Carrefour era legal, dando a entender que, com aquele TV Box TX2 comercializado pela loja Carrefour, piratear os canais da tv por assinatura é legal do ponto de vista jurídico.

O repórter do UOL entrou em contato com a assessoria do Carrefour que se limitou a dizer que o que estava sendo comercializado na loja era um aparelho para transformar a TV comum em Smart TV e nada mais.

A reportagem do UOL passa então a falar sobre a ABTA e o combate necessário á pirataria da tv e toda aquele história que vocês já bem conhecem.

Vamos então, como eu sempre gosto de fazer, falar melhor sobre o problema ocorrido e sobre o aparelho em questão, o TV Box TX2.

Vou começar pelo aparelho pois isto vai facilitar a nossa conversa posterior. Em uma breve pesquisa na internet é possível ver o mesmo aparelho, o TV Box TX2 fabricado na China pela marca Tanix, sendo comercializado por R$ 219, produto já no Brasil. Inclusive, em alguns anúncios de venda está bem destacado a seguinte aviso: Atenção produto não é desbloqueador de canais. Interessante não é?

O produto também pode ser encontrado em grandes lojas online chinesas pelo preço de R$ 150, veja: TV Box TX2. Não há menção de desbloqueio de canais piratas na propaganda deste TV Box TX2 em nenhum dos sites chineses que o vendem. Em alguns destes sites é fácil encontrar listas IPTV sendo ofertadas, o que reforça ainda mais que este TV Box específico não é um TV Box modificado para ser um receptor IPTV pirata.

O que teria então acontecido para a loja do Carrefour da Zona Leste estar ofertando este TV Box TX2 por um valor tão alto e ainda anunciar que ele desbloqueia 8 mil canais da tv pirata?

É aqui que o mistério começa e que só o que se pode é especular, pois o Carrefour e nem a loja deu maiores detalhes sobre o assunto, o que se tem é apenas o relato de uma testemunha e as fotos que ela tirou no local.

– Entende-se que o produto foi importado pelo Carrefour, já que estava sendo vendido na loja física do hipermercado e com nota fiscal emitida pela loja.

– O preço pedido pelo Carrefour nesta TV Box TX2 é alto em relação ao mercado informal, R$ 599 é uma facada, mas se levarmos em consideração que este do Carrefour foi importado legalmente… o preço continua muito alto. dava perfeitamente para vender na casa dos R$ 450 tendo um bom lucro.

– Não é ilegal as empresas importarem e venderem aparelhos de TV Box no Brasil, desde que cumpram com todas as exigências regulatórias e de legislação, vamos considerar que o Carrefour cumpriu, já que o aparelho estava sendo ofertado em uma de suas lojas físicas.

– A TV Box TX2, que estava sendo vendida na loja do Carrefour, na realidade é uma TV Box comum, nada tem a ver com pirataria, como é fácil constatar em um pesquisa rápida pela internet. De posse dessa informação fica a pergunta: o Carrefour modificou ou deu autorização para que algum empregado seu modificasse as TV Box TX2 que estavam sendo ofertadas, para que essas passassem a desbloquear canais da tv por assinatura?

– Se a TV Box TX2 à venda na loja do Carrefour estava original, ou seja, não estava modificada para desbloquear os canais da tv paga, teria realmente o locutor anunciado esse “benefício” inexistente no aparelho, de forma errônea ou intencional? O locutor pode imaginar que toda TV Box desbloqueia canais da tv por assinatura, o que é um erro comum, as pessoas associam a pirataria da tv por assinatura, no momento, à TV Box, no entanto, a TV Box comum, como é o caso da TX2, não tem essa capacidade.

De qualquer forma este é um erro que até demorou para acontecer e ser flagrado, como é o caso agora. Já há muitos meses eu fiz matérias alertando que grandes sites de varejo online (marktplaces), abrigavam em suas páginas ofertas de, aí sim, receptores IPTV piratas. No caso dos marketplaces as varejistas não estavam diretamente envolvidas na venda, eram lojas locatárias de espaço online quem estavam (e algumas ainda estão), ofertando os aparelhos modificados para a tv pirata.

HTV 5 EM 20 VEZES SEM JUROS À VENDA NO CARREFOUR ONLINE

DECODIFICADOR PIRATA HTV BOX 3 à venda NO PONTO FRIO online

É ilegal o Carrefour ofertar este tipo de produto em sua loja física? Pelo que eu saiba não é, ainda mais se tratando de uma TV Box comum, que já é ofertada até mesmo por marcas nacionais de receptores de tv aqui do Brasil. O que eu espero é que a loja não caia realmente no erro ético de ofertar em algum dos seus pontos de venda uma TV Box realmente modificada para a pirataria da tv por assinatura, volta a repetir novamente, por ética, não há legislação clara sobre o assunto ainda, mas o Carrefour sabe toda a implicação moral e ética que este tipo de oferta pode trazer para a marca.

SIM, NÓS TEMOS TELEGRAM E SE VOCÊ TEM TAMBÉM CLICA LOGO NO LINK AÍ E CONHECE O NOSSO: https://t.me/gpspezquizaoficial