Receptor de TV via satélite que esquenta muito: normal ou problema?

254

Com o verão, muitas pessoas que possuem receptor de TV via satélite, principalmente os alternativos, começam a reclamar do aquecimento excessivo desses aparelhos.

O leitor do GPS.Pezquiza.com, Artur, enviou uma pergunta com a seguinte dúvida: é normal os receptores de tv aquecerem muito e se os receptores homologados das operadoras de TV também esquentam tanto quanto os alternativos.

O aquecimento dos receptores de TV via satélite é algo que vem sendo observado há muito tempo, principalmente nos modelos mini.

Isso ocorre porque esses aparelhos ficam ligados por muitas horas seguidas e contêm peças que aquecem demasiadamente.

No entanto, os projetos desses equipamentos levam em conta (ou deveriam levar) a questão do aquecimento dos componentes e são projetados (ou deveriam ser projetados) para serem bastante resistentes a esse problema.

Um exemplo de aparelho resistente é o receptor SD da Sky, que suporta o uso pelos assinantes da Sky há quase duas décadas e continua funcionando bem.

O motivo é que para não terem dor de cabeça com a manutenção de equipamentos, as operadoras de TV por assinatura precisam investir em equipamentos mais robustos, que suportam muito tempo ligados sem apresentar problemas, para evitar ter que ficar trocando receptores na casa de seus assinantes a todo momento.

Já os receptores alternativos, não homologados, têm uma pegada diferente.

No início, eram aparelhos bastante robustos, com alta qualidade de construção, caso dos Azbox, por exemplo. Era fabricado originalmente em Portugal com a mesma qualidade dos equipamentos vendidos no mercado europeu.

Logo o mercado foi invadido por muitas outras marcas, principalmente vindas da China, que visavam a economia de custos de produção para aumentar a lucratividade com a venda do equipamento.

Isso fez com que os equipamentos ficassem cada vez mais simples em termos funcionais, com baixa qualidade de peças e de projeto.

Afinal, o aquecimento excessivo de receptores de tv é normal ou é um problema?

De acordo com especialistas, é normal que esses aparelhos esquentem um pouco durante o uso, mas se o aquecimento for excessivo, isso pode ser um problema.

Os motivos para o superaquecimento podem ser diversos, como o uso prolongado, a má ventilação, o uso de fontes de alimentação de baixa qualidade, entre outros.

O resfriamento também é importante, pois ele pode ajuda a prevenir problemas físicos no aparelho, provocados pelo excesso de aquecimento das peças como rachamento e dessoldagem das peças, mudança nos componentes químicos das peças, vazamento de elementos químicos das peças e até mesmo a explosão de elementos químicos em encapsulamentos de formas muito frágeis, à medida que a peça vai aquecendo e resfriando e, então, se tornando mais frágil durante o passar do tempo de vida útil da peça no receptor de tv via satélite.

Veja algumas dicas que podem ajudar os receptores de tv via satélite e outros tipos de receptores de tv a trabalharem um pouco mais resfriados:

– Verifique a ventilação: Certifique-se de que o receptor esteja bem ventilado e que nada esteja bloqueando as entradas ou saídas de ar. Coloque o receptor em uma superfície plana e bem ventilada. Não empilhe aparelhos um sobre o outro ou um ao lado do outro pois isto irá provocar que o aquecimento de um aparelho aumente o aquecimento do outro aparelho, prejudicando ambos.

– Limpe o receptor: Remova a poeira e a sujeira acumuladas no receptor. Isso pode ser feito com um pano úmido e macio. Certifique-se de que o receptor esteja desligado e desconectado antes de limpar. Não deixe escorrer líquido, o pano úmido tem que ser o mais livre de água possível, é só para o pano lembrar que água existe, não o enxarque.

– Aumente o fluxo de ar: Se o receptor estiver em uma área confinada, como dentro de um armário ou estante, tente aumentar o fluxo de ar colocando uma ventuinha próximo ao receptor.

– Instale uma ventuinha no receptor: Em casos mais “graves” o ideia é instalar uma ventuinha e/ou um dissapador no próprio receptor, se possível até mesmo sobre a placa de circuitos dele e no local onde ficam as peças que mais demonstram aquecimento. Com a ajuda de um termometro à distância (aquele que foi usado no isolamento que vivemos recentemente) fica fácil identificar as áreas de maior aquecimento no aparelho. Instlar sobre a carcaça do receptor de tv também já ajuda.

– Verifique a temperatura ambiente: Se a temperatura ambiente estiver muito alta, pode ser necessário resfriar a sala ou área onde o receptor está localizado. Isso pode ser feito com um ar condicionado ou ventilador.

– Reduza o uso: Se o receptor estiver aquecendo muito durante o uso, tente reduzir o tempo de uso ou a carga de trabalho no receptor. Desligar o receptor quando não estiver em uso também pode ajudar a resfriá-lo.

– Verificar o adaptador de energia: verifique se o adaptador de energia não está passando maior voltagem que a necessária para o correto funcionamento do aparelho. Se não souber como fazer isto, peça ajuda a um técnico especializado.

Se o problema persistir, pode ser necessário levar o aparelho para um técnico especializado para verificar se há algum problema de hardware ou se há a necessidade de troca de algum componente.