RECEPTOR DE TV VIA SATÉLITE QUE ESQUENTA MUITO, NORMAL OU PROBLEMA?

864

O Artur enviou a seguinte pergunta via facebook:

Boa noite Richard. Meu nome é Artur e a algum tempo atrás te envie uma pergunta via e-mail que foi muito bem respondida e com esse calor que tem feito aqui no RS me surgiu outra dúvida e gostaria que você tirasse minha dúvida e que com certeza deve ser a dúvida de outras pessoas. Vejo em grupos no facebook e no whatsapp que o pessoal que tem receptor alternativo sempre faz um comentário no verão principalmente, porque eles reclamam que o receptor esquenta muito.
Será que o receptor homologado da operadora esquenta assim também? qual o motivo do superaquecimento desses aparelhos?

O aquecimento dos receptores de tv via satélite, principalmente os alternativos, é coisa de longa data, me lembro que houve uma época em que o pessoal começou a se interessar em instalar ventoinhas de computador sobre as peças que mais aqueciam nos receptores de satélite pois, principalmente os modelos mini, aqueciam demais.

Antes de mais nada é importante ressaltar que os projetos para este tipo de aparelho – que passam muitas horas do dia ligados e que, pelas características da tecnologia, contém peças que aquecem demasiadamente – levam em conta a questão do maior aquecimento de seus componentes e são projetados para serem – ou pelo menos deveriam ser – bastante resistes ao aquecimento e resfriamento diário destes componentes.

lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo
lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo

Sim, o resfriamento neste caso também conta pois ele também pode provocar problemas tanto físicos (como o rachamento e a dessoldagem das peças), quanto químicos (como o vazamento e até mesmo a explosão de elementos químicos em encapsulamentos muito frágeis), à medida que a peça vai aquecendo e resfriando e então se tornando mais frágil durante o passar do tempo de vida útil dela.

Como exemplo de aparelho resistente podemos citar os receptores SD da Sky que, depois de anos de uso continuo na casa dos assinantes da Sky, foram vendidos como parte do kit Sky Livre e permanecem funcionando em sua grande maioria até hoje, podemos contar aí uma média de 12 anos de vida e estes receptores continuam firmes, funcionando.

E por qual motivo eles resistem tanto tempo, mesmo sendo aparelhos que também aquecem bastante durante o uso? Simples, as operadoras de tv por assinatura precisam investir em equipamentos mais robustos, que suportam muito tempo ligados sem apresentar problemas pois seria um prejuízo muito grande ter que ficar trocando receptores na casa de seus assinantes, que no casa da Sky, são mais de cinco milhões.

Já pensou… (clique aqui para continuar a ler a matéria na próxima página)