Números atualizados da pirataria de tv por assinatura no Brasil foram divulgados pela revista Exame

692

Mais um grande veículo da mídia brasileira divulga números sobre a pirataria da tv por assinatura brasileira numa forma que deixa muito claro o financiamento da ABTA, Associação Brasileira ds Tvs por Assinatura, que está batendo forte numa prática que está crescendo aceleradamente no Brasil.

Segundo a revista Exame 10% dos aparelhos de tv por assinatura no Brasil são conexões piratas, ou seja, o Brasil possui atualmente quase 17 milhões de assinantes de tv paga em todo o país, então podemos colocar aí que existam cerca de 1,7 milhões de receptores piratas em todo o país.
#gps.pezquiza.com
A cada vez que um veícula da mídia ou a própria ABTA divulga estes números eu fico bastante confuso, o Brasil tem 17 milhões de assinantes então isto quer dizer que são mais do que 17 milhões de pontos de tv paga legal instalados no país não é mesmo, já que cada assinante pode ter pontos extras.

Então se tivermos 10% de receptores piratas em relação ao total de assinantes, isto na verdade quer dizer que temos menos do que 10% de receptores piratas em relação ao total de receptores legais instalados no Brasil.

E foi somente no número de receptores que a revista Exame foi bem em sua reportagem, pois da mesma maneira que fez a reportagem do DFTV que comentamos aqui no artigo Venda de Azbox em Brasília é denunciada no DFTV que calcula prejuízo exagerado para as operadoras e governo, a Exame jogou no ar o valor de R$ 100 milhões em nada explicar sobre este valor.

lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo
lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo

Outro fato errado afirmado pela Exame é de que quem usa os receptores piratas são os assinantes de tv por assinatura para abrir o pacote total da operadora que eles assinaram, o que não é uma realidade completa já que somente uma parcela das pessoas que usa receptor de tv pirata é que é assinante de alguma operadora de tv mas uma grande parcela não é assinante de tv paga.

Outro fato que nenhuma reportagem leva em conta é que várias pessoas que utilizam os receptores de tv piratas passaram a ser assinantes de alguma operadora para garantirem por assistir aos seus canais favoritos sem os problemas de imagem ou paralisação de imagem que ocorrem com frequência nos receptores de tv piratas.

Finaliza a sua reportagem a revista Exame ameaçando os usuários dos receptores de tv pirata com cadeia sem levar em conta que há outras formas de combater e até acabar com esta prática no Brasil sem ameaçar as pessoas que em grande parte não tem dinheiro suficiente para assinar os canais que gostam de assistir e acabam optando pelo receptor pirata até mesmo para que seus filhos tenham acesso a programação infantil de qualidade e não fiquem na rua aprendendo o que não devem.

Se o governo e essas associações querem combater a tv pirata no Brasil deveriam fazer uma extensiva campanha explicando as implicações que existem pelo uso dos receptores piratas e incentivando a pessoa a assinar legalmente uma tv paga.

Infelizmente no Brasil o Justiça e essas empresas que exploram as pessoas tem a mão mais pesada contra quem não tem como se proteger seja com uma amizade poderosa ou com muito dinheiro no bolso e por isto vem logo com o uso da violência ao invés da inteligência.

Não estamos aqui defendendo a pirataria de tv no Brasil ou em qualquer outro lugar pois sabemos que isto é errado por mais que as pessoas achem que é correto ter este tipo de equipamento. No entanto no Brasil há tantas outras situações que causam muito maior dano social que este problema da pirataria de tv que como cidadãos brasileiros nós nos sentimos sequestrados por estes grupos que detêm o poder, o dinheiro e os meios de comunicação no país.

Que eles articulem ações que respeite mais os pais e as mães de família e parem com esta campanha de ameaça constante contra o usuário final destes receptores.

Queremos a tv por assinatura 100% legalizada no Brasil mas com opções que as famílias possam pagar e assistir a programação de qualidade e que realmente agrade a todos.
#gps.pezquiza.com
Governo, ABTA, Aliança Contra a Pirataria da TV Paga, operadoras de tv por assinatura e qualquer outra instituição que esteja lutando contra a pirataria da tv paga no Brasil tem que lembrar estão tratando com famílias, será que vale a pena mandar um pai ou uma mãe de família para a cadeia por que esta assistindo tv através de um receptor de tv pirata?

É mais barato mandar pessoas para a cadeia e causa um problema enorme para a família destas pessoas que investir em sistemas de segurança que realmente tornem as transmissões de tv seguras?

Aqui na minha casa somos assinantes da Oi TV que presta uma porcaria de serviço e vive emitindo faturas com valores errados, fechando sinal de canais que fazem parte do pagote que a gente assinou e cortando o sinal da minha tv com a alegação de que a fatura não está paga. Quem combate essas ações erradas das operadora de tv por assinatura?

Isto é Brasil, é mais fácil bater no mais fraco que enfrentar a verdadeira causa do problema.

Fica aí o link da reportagem da revista Exame para quem quiser ler: Um em cada 10 assinantes da TV paga faz pirataria

O GPS.Pezquiza.com só publica artigos originalmente escritos por nossos colaboradores e revisados pelo seu Administrador. Atenção todos os sites que copiam os nossos artigos. vocês tem que citar o GPS.Pezquiza.com como fonte e manter um link ativo no artigo copiado apontando para o artigo que você está copiando do nosso site. Seja honesto e cumpra a regra.

exame pirataria da tv paga
Exame fala sobre a pirataria da tv paga no Brasil