MÉxico BANE MEDIA PLAYER ROKU por PIRATARIA DA TV POR ASSINATURA

4303

O pirataria da tv por assinatura está mesmo dominando todos os equipamentos que podem ser usados para reprodução de vÁ­deos e que podem ser conectados Á  internet, não importa se o aparelho foi ou não fabricado para este fim.

É o que está acontecendo atualmente com o famosos media player ROKU, sucesso de vendas na AmÉrica do Norte como um aparelho Media Player de ponta e concorrente, entre outros, do Apple TV e do Chromecast, tão elevado É o nÁ­vel deste aparelho.

Pois bem, a empresa Roku É uma empresa bastante sólida em solo americano mas nem por isto deixou de levar uma rasteira bem grande das autoridades mexicanas e com isto ser banida definitivamente do MÉxico, onde não poderá vender mais o seu excelente aparelho.

Acontece que os hackers já conseguiram alterar o firmware do Roku e instalar nele toda aquela parafernalha de aplicativos IPTV que possibilitam aos usuários do Roku assistirem a tv por assinatura de forma pirata, alÉm de outros conteÁºdos protegidos por direitos autorais atravÉs da tecnologia de video on demand.

Após tomar ciência disto a operadora de tv por assinatura mexicana Cablevision entrou com uma ação na justiça pedindo o banimento do Roku do solo mexicano e nesta semana a decisão judicial foi favoríel Á  operadora, proibindo que se venda o Roku naquele paÁ­s.

Em declaração a empresa afirmou que não pode permitir que o conteÁºdo que ela licencia de canais domÉsticos e estrangeiros seja assistido ilegalmente e ainda alfinetou a Roku, dizendo que a empresa deve supervisionar melhor o seu software para que ele não seja usado de maneira inadequada.

Há no entanto uma outra teoria no mercado mexicano que diz o alvo da Cablevision não É exatamente os aplicativos de permitem assistir conteÁºdo da tv por assinatura de forma pirata atravÉs do Roku, já que há dezenas de outros aparelhos disponÁ­veis no mercado mexicano que tambÉm dão esta oportunidade, o que a Cablevision está mirando É tirar do mercado um aparelho que permite ao usuário acessar de forma fácil serviços concorrentes que vem roubando muitos assinantes da Cablevision, são eles a Netflix, a Amazon Prime e o Hulu.

Analistas de mercado julgam que enquanto o impacto da pirataria da tv por assinatura já É conhecido e volta e meia É abafado pois tem o viÉs da ilegalidade, o crescimento dos serviços de streaming e video on demand legais está tomando uma proporção muito grande e assustando as operadoras de tv por assinatura que estão vendo o nÁºmero de assinantes de seus serviços declinar a cada dia frente Á  forte concorrência da Netflix, Amazon Prime e Hulu, entre outras.

A Roku soltou tambÉm uma declaração dizendo que a decisão ainda não É definitiva e que a Roku vai recorrer e deve seguir vendendo os seus aparelhos no MÉxico.

E se a moda chegar atÉ aqui aÁ­ vão querer proibir o Chromecast, proibir você de ver vÁ­deos no seu celular entre outras coisas do tipo… Vai vendo…