DONO DE SERVIDOR IKS NA AMÉRICA DO SUL SENTENCIADO A UM ANO DE PRISÁƒO

2755

E as entidades que lutam contra a pirataria da tv por assinatura aqui na AmÉrica do Sul conseguiram uma vitória contra um dono de servidor IKS do Equador e seu empregado, que servia usuários para abrir de forma ilegal os canais do satÉlite Amazonas. O servidor pirata era conhecido como IKS 61.

Os dois homens receberam uma sentença condenatória de um ano de prisão efetiva, multa e reparação material para a operadora prejudicada pelo ato ilegal.

O processo de investigação levou quatro anos, segundo a Aliança Contra a Pirataria da Telecisão Paga e envolveu o trabalho conjunto de diversas entidades de controle e do judiciário.

A Aliança Contra a Pirataria da TV Paga está confiante que esta condenação no Equador seja o inicio de uma onda de sentenças em toda a AmÉrica do Sul contra diversos outros servidores de tv pirata que se agregam, no que É classificado pela entidade, como uma rede IKS 61, que explora de forma ilegal os canais da tv por assinatura que são transmitidos atravÉs do satÉlite Amazonas.

O satÉlite Amazonas, que fica na posição orbital 61°W, transmite tanto canais em lÁ­ngua espanhola quanto em lÁ­ngua portuguesa.

Se a sentença ocorrida no Equador servirá mesmo como estopim para outras que venham a desanimar os servidores piratas na AmÉrica do Sul, só o tempo poderá demonstrar.

SIM, NÁ“S TEMOS TELEGRAM E SE VOCÁŠ TEM TAMBÉM CLICA LOGO NO LINK AÁ E CONHECE O NOSSO: https://t.me/gpspezquizaoficial