Vamos dar dor de cabeça para as operadoras de internet fazendo isto…

1323

Infelizmente os polÁ­ticos aqui no Brasil são desde o descobrimento do paÁ­s só decepção para nós, povo.

Por isto peço licença para todos para compartilhar a ideia de um polÁ­tico de São Paulo que É bem famoso em todo o Brasil mas que eu não posso dizer com certeza que seja um polÁ­tico confiíel.

Mas como o cara É famoso na questão de proteção dos direitos do consumidor, um cara que vai em cima dos comerciantes e empresários que estão indo contra os direitos do consumidor, ele tem boas ideias para partilhar sobre como causar uma bela dor de cabeça para as operadoras de internet banda larga.

Você já sabe que estou falando de uma ideia do Celso Russomano não É mesmo?

Vou colocar abaixo um vÁ­deo feito por ele explicando como É que todos nós brasileiros que formos afetados por essa mudança que as operadoras estão ameaçando fazer em nossa internet poderemos fazer para que elas se lasquem tambÉm – se bem que eu já to duvidando que elas tenham coragem de fazer uma mudança na internet brasileira por que o brasileiro não está recebendo isso nada bem.

A ideia basicamente É que você entre com uma petição em um Juizado de Pequenas Causas para proteger o seu direito contratual de usar a internet sem limitação de consumo de dados, não há necessidade de constituir advogado para isto.

O texto da petição será fornecido pelo Celso Russomano e eu acho que a ideia É muito boa pois quando você entra com um pedido no Juizado de Pequenas Causas a empresa É obrigada a constituir um advogado para responder Á quele processo ou então tem que dar a causa como ganha para quem entrou com a petição.

Agora imagine uma operadora sendo obrigada a se defender de um milhão de processos em Juizados de Pequenas Causas… Imagine a dor de cabeça que isto tambÉm pode gerar no Judiciário.

Vale a pena a gente espalhar essa ideia entre nosso amigos para que as operadoras sejam obrigadas a gastar uma bela parcela do que querem tirar do nosso bolso com advogados para se defenderem destas petições.

Confere o vÁ­deo aÁ­ abaixo!