Sky vai pagar indenização por ter liberado um canal a mais para uma famÁ­lia

594
Para se ver que nem todo erro a mais pode beneficiar o consumidor e como as empresas tem uma visão deturpada da vida e da famÁ­lia brasileira.

A SKY foi condenada a pagar uma indenização de R$ 20mil a uma famÁ­lia de Santa Catarina, o motivo É a operadora ter liberado um canal a mais que não foi pedido nem contrato pela famÁ­lia, trata-se de um canal com conteÁºdo adulto.

Quando o casal descobriu que o canal estava liberado e que a sua filha de doze anos estava assistindo Á  programação do canal, entrou com a ação na justiça contra a empresa e venceu em primeira e segunda estÁ¢ncia.

Em sua defesa a SKY alegou que os pais da criança e reais autores da ação não sofreram transtornos psicológicos por assistir Á  programação do canal adulto, mas a parte pior foi a afirmação da operadora de que para os dias atuais as cenas explÁ­citas do canal não são capazes de gerar qualquer impacto piscológico nas crianças.

O TJ-SC descreveu o erro da SKY como “nefasto” e que são inquestioníeis os traumas psicológicos para a menina de 12 anos.

“AlÉm do insuperíel trauma, que certamente as fortes imagens causaram Á  orientação sexual da menor, não há como negar a presumida ocorrência de constrangimento familiar na justificação da filha perante os pais e vice-versa”.

Do jeito que a coisa está a SKY deve estar querendo oferecer um canal infantil picante, já que tem certeza de que não existe problema nenhum para as crianças esse conteÁºdo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here