SKY DEVERÁ SER BENEFICIADA POR ACORDO TRUMP/BOLSONARO

1034

Um pedido do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, deverá beneficiar os interesses comerciais da AT&T/Sky no Brasil e de quebra liberar o mercado para a atuação mais livre dos serviços de streaming.

O pedido de Trump É para Bolsonaro intervenha na Anatel (mais uma agência brasileira socialista de regulação) para que esta libere para todos os efeitos a compra da Timer Warner para AT&T. A regulamentação brasileira dificulta que uma operadora de tv tambÉm tenha controle de uma produtora de conteÁºdo e/ou que uma produtora de conteÁºdo venda diretamente seu conteÁºdo ao cliente final, assemelhando-se, conforme entendimento da Anatel, a uma operadora de tv.

De carona no pedido de Trump vem justamente a desvinculação da venda de conteÁºdo de entretenimento em vÁ­deo atravÉs da internet (as plataformas de video on demand das emissoras) como sendo serviço de operadora de tv, passando a atividade para simplesmente serviço de internet.

Bolsonoro já se mostrou disposto a atender o pedido de Trump, ou seja, passar a ordem para o ministro-astronauto cabeça do MCTIC (MinistÉrio da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação) que vai simplesmente mandar a Anatel fazer.

A medida, que a mÁ­dia vem divulgando como uma forma de liberar as emissoras, inclusive a Globo, de vender todo o conteÁºdo que quiserem diretamente ao pÁºblico, não deve ser de todo ruim para as operadoras de tv. Como eu tenho dito ultimamente, as operadoras de tv já tem um caminho marcado para que venham a ter independência dos conteÁºdos produzidos pelas produtoras de conteÁºdo, com excessão daquelas que já fazem parte do mesmo grupo de empresas da operadora (ou seria a operadora que faz parte do mesmo grupo econômico da produtora de conteÁºdo?).

Mas como isto É privilÉgio de uma ou duas operadoras de tv, a chance que virá para as demais É contratar produtores de conteÁºdo independentes, e tenho visto alguns grandes nomes do mercado já dando declarações que desejam se tornar independentes… Nesse mato tem coelho.

O pedido de Trump tambÉm mostra que o interesse da AT&T pela Sky Brasil continua vivo, ou seja, ela acredita no mercado brasileiro da tv por assinatura e não deve abrir mão dele, como cogitava antes das eleições presidenciais de 2018.