Carta Capital diz que Netflix matou locadoras

967

AlguÉm aÁ­ precisa avisar para os editores da revista Carta Capital que há muito as coisas mudaram no mundo do Home VÁ­deo e que as mÁ­dias fÁ­sicas como o VHS, DVD e Bluray já agonizam de morte há muitos anos.

Há por parte de alguns interesses brasileiros que a tecnologia de video on demand não se consolide de fato como uma alternativa viíel Á  transmissão de tv linear e aÁ­ dá-lhe arrumar “delitos” para o seu maior expoente, o Netflix.

A Carta Capital atribuiu em uma grande reportagem no dia 28 de setembro, a morte da tradicional locadora de vÁ­deos paulista HM Home Video, Á  chegada do Netflix no Brasil.

A HM Home Video já havia fechado algumas filiais que tinha em São Paulo e agora fecha e passa o ponto da sua loja no Bairro de Higienópolis, um bairro rico da capital paulista, onde com certeza há de ter milhares de clientes possuidores de DVD Player.

Sim, possuem DVD, Bluray e quem sabe ainda tenham atÉ mesmo VHS, no entanto, não se interessam mais por estas tecnologias pois encontram os filmes que querem assistir atravÉs de downloads, sites de compartilhamento de vÁ­deo e alguns no Netflix.

No entanto, a geração atual não É mais tão ligada em filmes quanto a geração anterior, ela prefere sÉries, o que não É nada divertido de se assistir em mÁ­dia DVD, Bluray.

Pesa tambÉm o fato de as pessoas não serem educadas para assistirem filmes clássicos do cinema, filão no qual a HM VÁ­deo É especializada e que atualmente É paixão de uma minoria.

O Netflix, como todos sabem, com rarÁ­ssimas exceções, não tem em seu catálogo lançamentos de filmes e sÉries, e quem frequente locadora de vÁ­deo adora um lançamento.

Há atualmente no meio virtual algumas locadoras de lançamentos, mas elas não são sócias e nem parceira do Netflix.

Eu tenho e recomendo o Netflix, mas já há mais de dez anos eu não frequentava nenhuma locadora de vÁ­deo, imagino que como eu tambÉm milhões de brasileiros já deixaram de frequentar locadoras de vÁ­deo faz uma dÉcada.

Pra falar a verdade eu me espanto quando passo em um local e lá há uma locadora de vÁ­deo.

É uma pena que a HM Video tenha morrido e que alguns saudosistas do VHS e DVD tenham ficado órfãos, mas talvez tenha faltado Á  HM digitalizar o seu acervo e partir para a locação virtual.

Confira a reportagem HM, outra vÁ­tima do Netflix, clicando aqui.


netflix-matou-locadora