Como é o esquema de emissão de milhas que passou no Fantástico

1241

Avalie este artigo [starrater tpl=10]
Ontem no Fantástico passou uma família que viajou o mundo inteiro por ter arquitetado e executado um suposto esquema ilegal para ganhar e acumular milhas no cartão de crédito

A idéia para o acumulo de milhas foi realmente engenhosa, e aproveitava de uma liberalidade que o próprio banco e cartão de crédito oferecia ao cliente, a possibilidade de se pagar boletos bancários com o uso do cartão de crédito, e acumular milhas pelo pagamento destes boletos.

Aproveitando essa brecha dada pela operadora do cartão de crédito, o rapaz que arquitetou o esquema para acumular milhas, emitia boletos bancários em favor dele mesmo e pagava com o próprio cartão de crédito.

Desta maneira, o dinheiro que ele pagava pelo boleto bancário voltava à conta bancária dele mesmo, que então emitia um novo boleto e pagava com o cartão de crédito.

Acumulava mais milhas e aumentava o limite do cartão de crédito dele, sendo que o banco estendeu o limite de crédito do cartão dele para 50 mil reais.

Ele também fazia o mesmo esquema entre os seus familiares, emitindo boletos de um para o outro, e acumulando milhas em todos os cartões.

O problema é que o rapaz declarou para a Receita Federal renda mensal de R$ 1,7 mil mensais e movimentou R$ 39 milhões em pagamento de boletos bancários, sendo que a família viajou o mundo todo por conta do esquema dos boletos.

É ilegal? Aí eu deixo para os advogados falarem sobre isto.

O próprio cartão de crédito dá esta brecha para o cliente? Dá.

Provavelmente é um problema de regulamento falho no sistema de milhas das operadoras de cartão.

O grande erro do rapaz e da família dele foi abusar deste esquema, já que olhando em sites especializados em promoções de viagens aéreas há relatos de diversos outros viajantes que dizem usar o mesmo esquema, mas não com tanta sede como o caso declarado acima.

Mas depois da reportagem do Fantástico provavelmente as operadoras de cartão de crédito irão fechar esta brecha das milhas por boleto bancário.

A reportagem da Globo não deu o esquema completo do que ocorreu, mas provavelmente há alguma coisa a mais além do gasto com as milhas para comprar passagem.

Com R$ 39 milhões gastos no cartão, são muitos milhões de milhas acumuladas, será que ele usava estas milhas para alguma coisa a mais que emitir as passagens aéreas para a família viajar?

Esquema de emissão de milhas aéreas do Fantástico