[BOATO] RÁšSSIA TERIA AMEAÁ‡ADO EXPULSAR TODA A EQUIPE DA GLOBO DA COPA DO MUNDO 2018

3820

Corre um boato entre profissionais que cobrem os bastidores da televisão de que a RÁºssia teria ameaçado expulsar toda a equipe da Rede Globo de Televisão que está no paÁ­s fazendo a cobertura da Copa do Mundo 2018 para a emissora.

Os estÁºdios da emissora na Praça Vermelha, inclusive, passaram por um revista da polÁ­cia russa há poucos dias, fato que a Globo comentou como sendo um procedimento de rotina das autoridades russas com todas as emissoras de televisão que está cobrindo a Copa do Mundo.

O buraco no entanto parece ser mais embaixo e o que os policiais russos buscavam no estÁºdio de vidro da Globo não foi esclarecido.

O problema do governo russo com a Rede Globo teria começado por conta de um vÁ­deo feito com um celular por um profissional da equipe tÉcnica da Globo na Praça Vermelha, um dos locais que está sendo mais monitorado pelas autoridades russas durante a Copa, o vÁ­deo mostra um policial russo abordando uma pessoa que portava uma bandeira do movimento LGBT e a escoltando para um local que não foi mostrado a posteriori.

O tal vÁ­deo viralizou após a apresentadora Fernanda Gentil, que mantÉm uma relação amorosa com outra profissional da Globo, ter participado do programa “lacração” da Fátima Bernardes que exibiu o tal vÁ­deo e questionou a apresentadora sobre as leis russas de repressão russa contra manifestações homossexuais em pÁºblico. Fernanda Gentil, que está na RÁºssia com a namorada, informou que a proibição russa de troca de carinhos homossexuais em pÁºblico e de manifestações contra tal lei É justificada pelo governo pelo fato de que as crianças não devem ser expostas ao relacionamento entre pessoas do mesmo sexo nas vias pÁºblicas na RÁºssia. A regra, pelo que se sabe, tambÉm É cumprida pelas famÁ­lias nos lares russos e os canais homoafetivos se mantÉm de forma discreta no paÁ­s.

O treçho do programa da Fátima Bernardes mostrando o exposto acima foi copiado e está sendo compartilhado nas redes sociais com muitas visualizações e compartilhamentos, fato que teria desagradado o governo russo que não deseja qualquer tipo de manifestação ou protesto contra as rÁ­gidas regras de comportamente vigentes naquele paÁ­s.

Como pôde ser visto na abertura da Copa e nos jogos em que mostrou as caras no estádio, o lÁ­der russo Vladimir Putin, mesmo impondo rÁ­gidas regras de comportamento Á s minorias em seu paÁ­s, tem grande apoio popular e foi ovacionado pelos russos presentes aos estádios.

E a Globo aprendeu a duras penas que a RÁºssia não É o Brasil.