Quanto custa abastecer um Kwid elétrico (Kwid E-Tech)

23

Em breve finalmente chega às lojas o carro elétrico que deve impulsionar a popularização dos veículos elétricos aqui no Brasil, o Kwid E-Tech.

O preço da veículo elétrico “popular” da Renault é salgado, mas levando-se em consideração que o mercado dos veículos elétricos no Brasil começa a ganhar mais fôlego neste segundo semestre de 2022 e que o lançamento deve servir, no primeiro momento, para dar maior visibilidade à possibilidade de democratização do uso dos carros elétricos no país; é de se entender que em seguida outras marcas famosas devem se animar a também ofertarem seus populares e a tendência é que os preços caiam para patamares mais competitivos em relação aos carros a combustão.

Para fins de comparação, poderiamos ser tentados em colocar lado a lado o Kwid E-Tech com a versão básica do Kwid a combustão, mas esta não seria uma comparação justa. O popular elétrico da Renault vem muito bem equipado, com ítens como assistente a frenagens de emergência, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, alerta de pressão dos pneus e seis airbags, entre outros. Dessa forma devemos levar em consideração o valor do Kwid a combustão mais bem equipado.

– Kwid Outsider (gasolina e etanol) – preço sugerido de R$ 71.990,00

– Kwid E-Tech (elétrico) – preço sugerido de R$ 146.990,00

Há muitos custos adicionais a serem consideradoras quando se adquire um carro novo, principalmente quando este carro trás embarcado uma nova tecnologia que ainda não se popularizou. Desta forma cabe ao consumidor procurar informação suficiente sobre desembolsos futuros para a manutenção do veículo escolhido ao invés de basear a sua compra apenas em um ponto de análise.

Esta publicação visa analisar apenas a questão do custo de abastecimento do veículo, que no caso do KWID E-TECH, se dá por meio do consumo de energia elétrica. Como base de comparação vamos levantar os custos de abastecimento do KWID a combustão para que o consumidor analise o cenário que tem a disposição na atualidade. No catálogo do veículo, na sua versão 2022/23, a montadora informa que o KWID consome 1 litro de gasolina a cada 15,3 Kms percorridos.

Kwid = 15,3 Kms por litro de gasolina.

Preço da gasolina em Goiânia (01/09/22) = R$ 4,77 por litro

Custo estimado do Km rodado em percurso urbano pelo Kwid a combustão = R$ 0,31

Já o Kwid E-Tech armazena em sua bateria 28,6 KWh que se drenada totalmente pelo veiculo em função do seu deslocamente, faria o carro percorrer aproximadamente 280 Km. Desta forma podemos estimar que a cada 1 KWh consumidor o carro percorre aproximadamente 10 Kms.

Kwid = 10 Kms por KWh

Preço do KWh pago à distribuidora de energia Enel Goiás, média de R$ 0,81 com tributos.

Custo estimado do Km rodado em percurso urbano pelo Kwid elétrico = R$ 0,08

Levando-se em considera, neste momento, o preço do combustível nos postos de gasolina de Goiânia e o preço do KWh comprado da distribuidora Enel Goiás, temos que o custo do abastecimento do Kwid elétrico é 4 vezes menor (ou mais barato) que o custo do abastecimento do Kwid a combustão.

Mas estamos considerando isto levando em conta que o comprador irá abastecer o veículo em sua residência, o que é até possível de ocorrer mesmo se o usuário não adquirir um carregador rápido (Wallbox) já que o carregador comum, de tomada, que acompanhará o Kwid E-TECH consegue recarregar totalmente a bateria em cerca de 9 horas, ou seja, durante a noite é totalmente possível recarregar completamente o carro.

Mas o usuário do Kwid também poderá se aproveitar de postos de reabastecimentos espalhados por sua cidade, que podem ou não cobrar pela utilização de seus carregadores. Os usuários de qualquer cidade do Brasil, inclusive os de Goiânia, podem utilizar a plataforma PlugSharepara localizar estes postos de reabastecimento de veículos elétricos e obter mais informações sobre os WallBox lá disponibilizados, como: qual o tipo do cabo de carregamento, se o carregador está ou não funcionando e se a recarga é gratuita ou paga.

Os moradores de Goiânia devem se surpreender ao saber que já há mais de uma dezena de pontos de recarga de veículos elétricos na cidade, alguns em shoppings famosos, hoteis, concessionárias e até mesmo em uma loja bastante conhecida de produtos para eletricidade.

Aliás, os pontos de recarga de veículos elétricos estão se tornando um novo tipo de negócio em todo o mundo, já que os WallBox permitem o uso de um sistema de liberação de uso condicionado a um cartão de autorização RFID que libera o início do carregamento. Se você deseja adquirir um WallBox para a sua residência ou mesmo para instalar na sua empresa ou disponibilizar no estacionamento do seu negócio, cobrando ou não pela recarga; faça uma cotação do preço do Wallbox pelo seguinte link de contato: https://linktr.ee/richardelima

Outra boa opção para o reabastecimento do Kwid elétrico é a aquisição de um sistema de energia solar on grid, principalmente se você o irá reabastecer com constância em sua residência. É facilmente possível fazer uma estimativa de quantos KWh a mais você irá consumir para manter o seu Kwid em funcionamento durante o mês e então estimar o tamanho do sistema de energia solar que você irá precisar para suprir este abastecimento.

Por exemplo, se você percorre uma média de 35 Km por dia, ou 1.000 Km mensais, o seu Kwid E-Tech irá necessitar consumir cerca de 100 KWh mensais para atender à sua demanda.

Para esta demanda de energia seria necessário um sistema solar tão pequeno que, atualmente no mercado on grid, é praticamente impossível de se adquiri com um bom custo benefício. Dessa forma, para fazer sentido, seria melhor adquirir um sistema produzindo praticamente o dobra da sua demanda, ou 190 KWh. Um sistema como este, atualmente, instalado e homologado, pode ser encontrado por cerca de R$ 7,2 mil reais (valor estimado no início de setembro de 2022).

É claro que estes valores começam a ficar bem mais interessantes a medida que o usuário necessita utilizar o Kwid E-Tech em percursos de maio quilometragem durante o mês. Por exemplo, motoristas de aplicativo que rodam cerca de 5 mil km mensais. Estes necessitarão gerar cerca de 500 KWh para manter o seu Kwid em movimento.

Um sistema solar para gerar essa quantidade de créditos de energia tem valor estimado de aproximadamente R$ 15 mil (início de setembro de 2022).

Se você deseja comprar um sistema de energia solar instalado e homologa entre em contato comigo pelo https://linktr.ee/richardelima

Abastecendo um Kwid a combustão para rodar 5 mil Km mensais ele vai gastar cerca de R$ 1.550,00 de combustível.

Já pagando o valor do KWh aqui de Goiás em setembro de 2022 (no próximo mês haverá reajuste) esse custo é de aproximadamente R$ 400,00. Esse valor pode subir mais que 10% em Goiás no próximo mês de outubro, ou seja, deverá ser de R$ 440,00 em breve.

A prestação estimada de um sistema solar para gerar 500 KWh mensais é de cerca de R$ 450 fixos, dependendo da financeira e da análise de crédito do cliente, neste início de setembro de 2022.

E aí, o que achou destas estimadas de consumo para o novo Kwid E-Tech?

Compartilhe esta matéria e continue no GPS.Pezquiza.com