Ladrão de Energia Elétrica na minha casa

1498

Estou fazendo um levantamento um pouco mais detalhada sobre o consumo de energia na minha casa e sobre quanto cada aparelho/cômodo/disjuntor consome de energia durante vários momentos do dia, principalmente quando há sol e quando o sol já se pôs.

Estou fazendo isto pois acredito que em breve poderemos ter uma crise em nosso sistema de produção e distribuição de energia elétrica vinda de nossas concessionárias, aquela a qual nós pagamos uma fatura com alto valor todos os meses. Antes de mais nada é preciso que você saiba que, em relação à tal crise no sistema energético brasileiro, posso estar errado e com um excesso de pessimismo, no entanto se é possível prevenir, por que não fazê-lo?

A minha prevenção, como eu já disse em algumas lives recentes, será através da instalação de um sistema de energia solar aqui em casa, inicialmente um sistema ongrid mas pretendo ter alguns equipamentos básicos que me permitam migrar uma pequena parte do sistema para offgrid caso necessário, já que o ongrid só injeta energia na rede se detectar que há fluxo de energia da concessionária.

Essa parte de eu colocar energia solar aqui e os detalhes ocupariam um relato um pouco grande, por isto vou falar sobre isto em uma matéria futura, vamos nos ater ao tema principal aqui, que é a descoberta de um ladrão (ou dois ou mais), de energia aqui na minha casa.

Equipamentos roubando muita energia sem nem mesmo estarem em uso

Há cerca de um ano e meio a Itead, fabricante dos equipamentos Sonoff, entrou em contato comigo e me enviou um equipamento chamado SonOff Pow para teste. Como eu não sou muito íntimo de eletricidade, na realidade tenho até um certo trauma pois já fui eletrocutado uma vez e a experiência não foi nada boa; guardei o pacote com o equipamento e até me esqueci que tinha ele. Até que veio a ideia da energia solar e a geladeira aqui de casa que está funcionando disparado direto.

Esse SonOff enviado pela Itead é um equipamento excelente, que além de servir para automatizar os aparelhos na sua casa (liga/desliga) de forma programada ou por comando através do aplicativo ou comando de voz, ele também é um medidor de consumo de energia do aparelho ao aq qual ele está está conectado.

Por exemplo, com a ajuda dele eu descobri que a minha geladeira, que está funcionando disparada direto, está consumindo incríveis 3,2 KWh por dia. Sim, ela é a minha primeira ladra de energia. Estou colocando na tomada dela um temporizador liga/desliga e agora o consumo diário está se limitando a pouco mais de 2 KWh dia.

Também descobri que outros equipamentos que eu achava que consumiam bastante energia, na realidade não estavam consumindo tanto, como é o caso da máquina de lavar roupas aqui de casa, que por acaso somente quando fui fazer essas mediões foi que descobri que é uma máquina com tecnologia inverter. É incrível mas a potência dela enquanto está lavando é de apenas 100W, quando está centrifugando é de 450W e para secar ela consome 1200W. Eu pensava que era os 1200W para todo o ciclo. Lavando ela consome bem menos que um tanquinho. Resultado, o pessoal aqui em casa está proibido de secar roupa na máquina, afinal em Goiânia há um sol para cada goiano, secar roupa na máquina não faz sentido.

Ok, a máquina de lavar quase não gasta energia para lavar… mas… não, o problema não é secar a roupa (está proibido, lembre-se), o problema está no transformador 220v para 110v que está ligando nela. Como ele sempre ficava ligado à tomada, mesmo quando a máquina não estava em funcionamento, ele continuava a consumir energia. Se você conhece um pouco sobre esses equipamentos, deve estar pensando que provavelmente é um consumo irrisório, assim como eu também pensava, mas não é bem assim. Só quando realmente fui prestar atenção que me dei conta que ele está aquecendo, mesmo quando a máquina de lavar não está ligada. Desta forma ele está funcionando não só como transformador, mas também como aquecedor de ar na área de serviço, totalmente desnecessário (lembra do sol de Goiânia?!). Ele está consumindo incríveis 3,12 Kwh por dia, se ficar ligado na tomada o tempo todo, é quase tanto quanto o chuveiro elétrico consome para o banho da casa toda, por dia.

É claro que estou tirando o transformador da tomada assim que percebo que acabou o ciclo de lavagem de roupa. A solução mesmo talvez seja trocar o transformador para um modelo que não esquente. Este é um exemplo de aparelho consumindo energia sem estar efetivamente em uso para o que realmente interessa para nós.

Perceba que, conforme falei do consumo destes três aparelhos acima, aqui em casa, somente eles já consumiam mais de 9 KWh por dia (não falei mais o chuveiro é pressurizado pois a caixa d’água está instalada muito baixa e não tem vazão suficiente).

Além disso também percebi que o simples ato de retirar as televisões e receptores de tv da tomada durante a noite, e também o meu computador e dos meus filhos, no mesmo período, que geralmente ficavam apenas no modo repouso, já garantiu uma economia de mais 1 KWh por dia.

Tá achando pouco? Pois saiba que aqui em Goiânia, com os impostos, para a nossa faixa de consumo, o preço cobrado em um KWh consumido é de absurdos R$ 0,8355.

Imagina que o simples ato de tirar da tomada o tal transformador que estava aquecendo só de ficar plugado na tomada já me dá uma economia de 2,5 KWh por dia, no mínimo. Soma com mais o 1 KWh dos equipamentos que ficavam em stand-by durante a madrugada, sem serem usados, e nós já temos 105 KWh economizados sem muito esforço, ou seja, R$ 87,73 a menos na conta de energia mensalmente, é uns R$ 25 a menos de imposto para o governo Caiado.

Pois é, estávamos (estamos) convivendo com alguns ladrões de energia que passavam despercebidos.

Agora estou arrumando uma maneira de aquecer a água do chuveiro com a ajuda do sol, espero economizar mais uns 60 KWh por mês, no mínimo, com essa brincadeira aí, e baixar a minha fatura de energia para a faixa de consumo intermediária, onde o valor da tarifa é 10% menor que a que pagamos atualmente. Ou seja, seria uma economia bem maior ainda.

Mas não é “apenas só isso”, com esse meu acompanhamento de perto do consumo dos aparelhos e em que horário eles são mais usados (consomem), também quero dimensionar um sistema de energia solar que será aproveitado da melhor maneira possível, sem exageros no dimensionamento. Talvez até crie um sistema off grid mais barato para tocar os aparelhos que consomem menos carga (roteador, tv, computador, receptor de tv…) e vá atrás de financiar em 72 vezes um sistema ongrid para aquelas cargas que são exigentes.

E aí, na sua casa também tem aparelhos roubando energia e muito dinheiro do seu bolso?

Numa próxima matéria vamos falar um pouco mais sobre esse dimensionamento de um sistema de energia solar.

Entra pro nosso canal no Telegram clicando aqui, clica agora aí vai!

.