Garantindo as suas fotos digitais para sempre… ou quase

796

Avalie este artigo [starrater tpl=10]
Já há um bom tempo que eu tenho uma grande preocupação, tenho uma grande quantidade de fotos digitais salvas em dois HDDs externos e em alguns CDs e nenhuma delas está impressa e muito menos com uma boa organização, e o medo de algum acidente, ou vÁ­rus, ou qualquer outra tragÉdia, acabar com estas fotos digitais, É grande.

O que fazer para garantir que estas fotos digitais, que guardam muito dos meus dez Áºltimos anos de vida, nunca se percam?

Já pensei em várias estratÉgias, a que me parecia mais viíel era fazer um esquema de backup das fotos muito parecido com o que os administradores de sistema fazem com os dados das grandes empresas e corporações: diversas cópias em DVDs ou atÉ mesmo Bluray guardados em ambientes controlados para que as mÁ­dias não mofem e sumam com os dados… sim, as mÁ­dias mofam e somem com os dados… e assim garantir que meus filhos tenham acessa a estas fotos num futuro um pouco mais distante, quem sabe atÉ meus netos, bisnetos…

AÁ­ eu teria tambÉm que de vez em quando, quatro em quatro meses, fazer umas cópias daquela mÁ­dia que estava lá guardada, mais antiga, para garantir que haja sempre uma mais nova em melhor estado e que essa mais nova garanta a perpetuação dos dados.

E tambÉm copiar estas fotos em mais uns dois ou três HDDs externos destinados somente Á s fotos digitais.

Sim, É muita paranóia, mas só quem perdeu dados que estavam salvos só no computador ou só em um pendrive ou HDD externo sabe como isto É aterrorizante.

Agora, imagina fotos que são lembranças de famÁ­lia e de momentos que não podem ser reproduzidos mais?

O grande problema com os esquemas que eu imaginei É o custo, pois iria ficar caro proteger as minhas fotos digitais desta maneira.

Mas graças a deus neste mês um fato novo no mercado de armazenamento de dados me deu a luz que eu precisava para garantir as minhas fotos por pelo menos mais uma dÉcada.

É a guerra de preços do armazenamento nas nuvens, o primeiro a baixar consideravelmente o valor do armazenamento foi o Google com o seu serviço Google Drive, depois ele foi seguido pela Microsoft e seu OneDrive e agora outras empresas estão indo no mesmo caminho.

Como eu sou fã do Google e uso diversos serviços deles, inclusive o Google Drive eu já usava os 15 GB gratuitos disponibilizados pela empresa, resolvi assinar um plano pago de armazenamento nas nuvens do Google Drive, com 100 GB de espaço pelo valor de US$ 1,99 (um dólar e noventa e nove centavos), por mês, convertendo já pagando os impostos vai dar mais ou menos uns R$ 5,50 por mês.

Dependendo da quantidade de fotos e vÁ­deos que você tem pode parecer que o espaço vai ser preenchido logo, mas o Google Drive tem um segredo que nem todos sabem, fotos com atÉ 4 megapixels de tamanho são armazenadas no Google Drive de graça, sem ocupar o espaço de armazenamento que você contratou, ou mesmo que você não tenha contratado nenhum pacote pago, esteja com os 15 Gb grátis, fotos menores que 4 megapixels não contam para ocupar espaço do seu armazenamento.

Eu já mandei uns 20 GB de fotos e videos para o meu Google Drive e atÉ agora só ocupou 11,5 GB.

Ainda não consegui enviar tudo que tenho salvo de fotos e vÁ­deos para lá mas acho que ainda está longe de eu usar os 100 GB de espaço contratados, considerando que uma boa parte das fotos que eu vou enviar não vai contar para o espaço que contratei, vai continuar a ser armazenada de graça no Google Drive.

Mas se eu usar os 100 GB, o próximo plano de armazenamento É de 1TB por US$ 9,99 por mês.

Se eu acho vantajoso? Claro que É, bem mais confiíel e barato que o plano de salvamento e perpetuação das fotos que eu estava planejando, e a tendência para o futuro É que os preços caiam ainda mais.

E se mesmo assim eu ainda continuar com receio de perder as minhas fotos digitais, daÁ­ contrato espaço tambÉm na concorrência para fazer backup das mesmas fotos que eu estou armazenando no Google Drive.

E viva o armazenamento nas nuvens e a salvação das minhas fotos digitais por dÉcadas, sÉculos, quem sabe atÉ milênios… Se a minha prole continuar a pagar os US$ 1,99 depois que eu me for.

Eu recomendo a mesma estratÉgia para você.

como garantir fotos digitais de não serem perdidas


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here