Fim das Smart TVs?!

186

Sim, há novas tecnologias chegando nesta década de 20 que podem simplesmente decretar o fim das Smart TVs e das telas de televisão da maneira como nós as conhecemos.

Analíse bem, quando a sua mãe e o seu pai tinham a idade que você tem hoje os dispositivos tecnologicos tinham a mesma tecnologia que tem hoje para você ou alguma coisa avançou tornando estes equipamentos bem diferentes e até mesmo trazendo equipamentos que não existiam naquela época? Se foi assim entre a época dos seus pais e a sua época, por qual motivo você acha que não haverá uma grande mudança entre a sua época e a época dos seus filhos?

Sim, haverá uma grande mudança, englobando também a maneira como as pessoas consomem entretenimento. Se atualmente há um grande domínio das telas Smart (Smart TVs, Smartphones), até o final desta década este domínio estará em dispositivos Smart que estarão bem mais próximos aos seus olhos (óculos smart e lentes de contato smart) a até mesmo dispositivos que poderão estar (depende da sua concordância) dentro do seu corpo (Neuralink e outros análogos).

Nesta matéria vamos focar nos óculos Smart, dispositivos que já estão bem avançados e várias fabricantes já estão mostrando ao mundo os seus modelos de óculos smart bastante funcionais.

O que são óculos Smart e quais suas vantagens sobre as Smart TVs

Óculos Smart são óculos cujas lentes são displays eletrônicos transparentes capazes de mostrar imagens aos seus usuários de tal forma que estes, os usuários, terão a ilusão de que as imagens fazem parte do ambiente real que ele está vendo através das lentes destes óculos.

Estes óculos Smart são equipados com sensores que os permitem verificar tanto o ambiente quanto entender a visão do usuário, de maneira que as imagens serão posicionadas da forma mais realística possível e até mesmo se integrarão ao ambiente, sendo possível ao usuário interagir com algumas dessas imagens projetadas no ambiente e até mesmo ter a sensação de profundidade perfeita em “objetos projetados” que na realidade somente estão no óculos e não no ambiente real.

Ou seja, serão óculos que colocarão seus usuários no que há de mais aperfeiçoado no conceito de realidade virtual e realidade aumentada.

Entre as muitas vantagens que estes óculos terão sobre as Smart TVs é que, entre outras coisas, estes óculos poderão projetar uma tela “Smart Tv” no ambiente para os seus usuários, com o tamanho em polegadas que o usuário desejar, com altíssima qualidade de imagem e com as mesmas funções e até mesmo outras mais avançadas, que as Smart TVs atuais tem (e não tem).

Se você pode projetar para si, em qualquer lugar, uma Smart TV de tela muito grande ou até mesmo um cinema, para que mesmo uma Smart TV?

Óculos Smart podem ser o começo do fim das Smart TVs

Sim, eles deixarão as Smart TVs para que estas virem peças de museu, mas antes de começar a te indicar alguns exemplos destes óculos smart, vou te sugerir um filme que é possível ser assistido de graça no Youtube e que trás justamente um questionamento sobre essa tecnologia que agora estão tão próxima de nós neste ano de 2022. Mais ainda, ao assistir ao filme, na parte em que ele mostra a personagem principal imersa na realidade aumentada, você verá que há uma grande similaridade com o que é mostrado pelo primeiro óculos que vou colocar aqui como exemplo.

Tire um tempo e assista ao filme “O Congresso Futurista“.

Este primeiro exemplo é um óculos que está sendo lançado neste mês na famose CES (Consumer Eletronics Show), a feira de tecnologia que acontece em todo mês de janeiro.

Note como o óculos projeta sobre o ambiente em que o usuário está, novos elementos com os quais se pode interagir. O óculos até mesmo modifica as cores do ambiente para (deve ser o conceito de uso da tecnologia) que as cores reflitam “melhor” a utilidade e o espírito de usabilidade e marketing de cada elemente em cada ambiente em que se está.

Note que na rua há elementos de rede social em fachadas de lojas, na lanchonete a mesa se torna o menu interativo onde se pode fazer o pedido, na biblioteca/livraria as prateleiras indicam ao usuário títulos de acordo com o “gosto” deste usuário, gosto este que já foi rastreado pela big data através da interação deste usuário com as redes sociais, ferramentas de busca entre outras ferramentas que colhem dados sobre cada indivíduo.

Este óculos mostrada na CES 2022 é um conceito bem interessante pois ele mostra mais as novas formas de interação com a realidade aumentada que os próximos exemplos que você verá, que são mais tímidos nisto e ainda se focam na maneira “antiga” de se pensar a ineração da realidade aumentada com o ambiente real.

Neste exemplo você vê os óculos da famosa fabricante Lenovo (aquela que um dia foi a IBM, me corrijam se eu estiver errado). O interessante aqui é que é possível ver alguns zoons nas lentes do óculos e ver como os displays se integram nestas lentes. Nesta peça publicitária a Lenovo se contenta em mostrar a projeção de telas de computador para o seu usuário (note o que falei no começo da matéria), o óculos simula 5 telas de computador; mas é importante também notar que ele não se rstringe a este uso e está preparado para qualquer uso e necessidade para o ambiente de realidade virtual.

Neste caso temos o Rokid Visions 2, uma marca asiática que se limitou ao design no equipamento pois já há uma versão 1 no mercado asiático e com certeza o design é bem menos evoluído que o desta versão 2. Somente no final que ele dá uma “alucinada” com a tartaruga gigante sendo “projetada” como se fosse para o usuário do óculos.

Vou deixar agora dois exemplos para você de como há outras fabricantes trabalhando em tecnologias de tela transparante (lembre-se, os óculos usam display transparente) e até mesmo tela com capacidade de projetar a ilusão de maneira 3D hologrática.

A LG mostrou essa grande tv de tela transparente, ideal para ser usada em lojas para a demonstração de mercadorias, quartos de hotel, etc.

Este é um porta retratos digital com tela 3D holográfica. Tecnologia realmente impressionante.

E aí, você ainda tem dúvidas de que é bye, bye Smart TVs até o final desta década?

Curtiu?! Compartilhe e continue no GPS.Pezquiza.com.