[E não É só a SKY que está irritada com o Governo] Os fabricantes de tv tambÉm estão putos de raiva

0
525

Isto mesmo, os fabricantes de televisores para o mercado brasileiro estão putos de raiva com o governo brasileiro.

Isto por que eles estavam tentando uma forma de barrar a cota mÁ­nima do Ginga em suas televisões conectadas mas o que ocorreu foi justamente o contrário.

O governo abriu mão da incorporação compulsória do Ginga nas televisões conectadas e baixou uma nova Portaria Interministerial nesta semana em que determina que, já em 2013, no mÁ­nimo 75% das tvs produzidas para o mercado brasileiro devem conter o Ginga, sendo que 100% das tvs conectadas devem conter o Ginga.

Entende-se com isto que o governo está forçando a indÁºstria de televisores a não mais fabricar televisões que não sejam conectaveis Á  internet. Atualmente existe uma pequena produção atÉ de tvs de tubo no Brasil, isto vai acabar.

Mas ainda tem mais, o governo exige que o Ginga tenha prioridade da porta IP das televisões, isto quer dizer que o Ginga deverá se aproveitar de toda a capacidade interativa da conexão da TV Á  internet.

Analisando isto mais profundamente, o que o Governo quer É que o modelo atual de lojas de aplicativos de cada marca de televisor, em que os fabricantes fecham acordo com provedores de conteÁºdo para que eles possam oferecer conteÁºdo no dispositivo conectado de sua marca, migre para uma loja de aplicativos do Ginga que estará presente em todas as tvs de todas as marcas.

Com isto os fabricantes poderão perder renda vindo destes acordos com distribuidores de conteÁºdo online, como os conteÁºdos on demand que vem ganhando força no Brasil.

O que falta agora É que o governo incentive financeiramente produtores de conteÁºdo e desenvolvedores de aplicativos para que estes editem aplicativos e conteÁºdo para o Ginga, para que o Ginga não morra na praia, mesmo que seja exigido o seu uso.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here