Como o Golpe das Panelas detona com o seu cartão de crÉdito ou dÉbito

71688

Este mês eu já falei aqui no GPS.Pezquiza.com sobre como os cartões de crÉditos estão ficando mais vulneríeis a golpes e como não se pode confiar em passar o seu cartão de crÉdito nem em locais que parecem acima de suspeita.

Isto foi na matÉria Governo perseguindo máquinas de cartão de crÉdito.

Mas como juÁ­zo não É todo mundo que tem, veja só este tal Golpe das Panelas que vou descrever a seguir e que está passeando por todo o paÁ­s:

A polÁ­cia de Vitória da Conquista-BA, prendeu uma quadrilha de quatro homens, de origem portuguesa e residentes na cidade de São JosÉ de Rio Preto-SP.

Os homens estavam de passagem por Vitória da Conquista vendendo panelas, eles estavam hospedados no Hotel Ibis e para carregar o seu estoque de panelas eles tinham uma frota com três Toyatas Hilux e um Fiat Punto.

Os homens são muito bem apessoados e, segundo as vÁ­timas, passam credibilidade ao oferecer o seu produto, as panelas.

Acontece que o problema não É exatamente as panelas que eles vendem com uma excelente estratÉgia de marketing, eles fazem o teste do risco para mostrar que as panelas não riscam e são duríeis e atÉ jogam as tampas de vidro das panelas no chão para provar que as tampas não quebram.

O golpe que os tais cidadãos praticam na realidade está nas máquinas de cartão de crÉdito que eles usam para fechar a negociação das panelas com os seus clientes.

Após negociar e negociar com os compradores atÉ chegarem em um valor que parece justo para ambas as partes, eles oferecem para passar o valor do conjunto de 17 panelas no cartão de crÉdito, um valor que gira em torno de R$ 1.200.

Na primeira tentativa de passar o cartão a máquina usada pelos golpistas apresenta a mensagem de que perdeu o sinal de dados e não conseguiu completar a transação. Eles então sacam uma segunda máquina de cartão de crÉdito e então a operação É completada sem nenhum problema.

O golpe ocorre na primeira “tentativa” de passar o cartão, a primeira máquina de cartão de crÉdito que eles usam É uma máquina modificada pela quadrilha, na realidade a primeira transação É completada normalmente alÉm de a máquina clonar os dados do cartão de crÉdito do cliente.

Ao receber a próxima fatura do cartão de crÉdito o mÁ­nimo que a vÁ­tima irá perceber É que o valor das panelas foi debitado duas vezes na sua fatura, e se for só isso a vÁ­tima pode se considerar sortuda pois a clonagem do seu cartão de crÉdito não foi bem sucedida.

A tal quadrilha, no entanto, não se restringe só Á  cidade de Vitória da Conquista, ela atua em todo o Brasil.

Quem me avisou deste tal Golpe das Panelas foi a minha irmã que nesta semana quase caiu no papo dos golpistas em BrasÁ­lia-DF, só que o tal vendedor das panelas era uma mulher, a sorte da minha irmã foi que saiu sem o cartão de crÉdito no bolso, pois o negócio realmente parecia ser muito bom.

Nos sites de notÁ­cias de vários estados está cheio de reportagens falando da prisão de quadrilhas do golpe das panelas.

Olho Vivo, nada de sair comprando panela e passando o seu cartão de crÉdito na rua.