Bruto Demais! Inversor 12V para 220V (110V) Leboss 1000W Automotivo e Solar

161

Depois de ver esta matéria e entender o quanto um pequeno inversor de tensão (e barato) consegue tocar de equipamentos, com certeza você vai mudar o seu conceito sobre esses equipamentos e vai querer comprar o seu, também.

Recentemente eu publiquei matéria aqui no GPS.Pezquiza.com falando que com um pequeno sistema de energia solar eu estou economizando e muito no consumo de gás de cozinha aqui em casa. O gás de cozinha aqui em Goiânia está um absurdo de caro, há pouco mais de um mês eu paguei R$ 120 no butijão de 13 quilos e acredito que este preço já subiu… Não quero nem ligar no distribuidor para perguntar que é para não levar o susto antes da hora.

Leia: BOTIJÃO DE GÁS CARO nunca mais, Sistema Solar baratinho tá dando show na minha cozinha

Recebi um questionamento do leitor da matéria sobre quais os inversores que eu uso e também se eu posso fazer um vídeo mostrando esse meu pequeno sistema. Nesta matéria aqui vou falar sobre os inversores de tensão e em breve vou gravar o vídeo pedido e postar no canal GPSPezquizaOficial no Youtube.

Meu sistema de energia solar off grid aqui é muito simples, primeiro pelo motivo de eu não ter muita grana para investir num sistema off grid mais parrudo no momento e também pelo fato de eu ter uma visão diferente sobre o uso da energia solar off grido para casos como o meu, que já tenho energia solar on grid.

Só para contextualizar, eu tenho, no momento, dois painéis solares de 100W, um controlador de carga mppt de 20A, uma bateria estacionário (que comprei usada, meia vida) de 165ah e dois inversores (automotivos). O que mais uso é o Leboss de 1000W, mas também tenho um Knup de 4000W que ficada direto conectado à bateria. O inversor de tensão Leboss de 1000W se conecta através de garras de jacaré, é mais portátil que o Knup.

Inversor Leboss 12V para 220V 1000W e por qual motivo prefiro usar ele

Deixa eu te falar quais equipamentos eu utilizo com a energia solar off grid no momento:

– Uma panela elétrica de arroz Philco 220V 350W modelo PPA3V. Comprei ela justamente pela baixa potência de funcionamento, 350W, para não exigir muito nem da bateria e poder usar com um inversor de baixa potência, como é o caso de Leboss 1000W.

– Uma panela elétrica de arroz britânia Bianca Rice 5, 220v com 400W de potência.

– Uma TV 43 polegadas Samsung LED, que já é meio antiguinha e eu não medi a potência dela em uso, mas imagino que fica entre 80W a 100W.

– Uma lâmpada 12V 12W.

Por incrível que pareça também já liguei nele por mais de um dia um Refrigerador Philco Side By Side 489L PRF504I Inverter. A “mágica” aqui é justamente o refrigerador ser inverter, o consumo dele fica em média em 60Wh e muito raramente ele precisa ir a 100Wh, ou seja, o refrigerador é menos exigente que a panela elétrica e por ser inverter ele não tem pico de tensão. O inversor Leboss 1000W trabalha tranquilo e nem esquenta a cabeça, com ele.

No meu caso eu não gosto de ligar vários equipamentos ao mesmo tempo, nem nesse Leboss e nem no Knup, mesmo sabendo que é possível e que tem muita gente com vídeos no Youtube que são bem impressionantes, ligando até mesmo uma casa toda nesse Leboss de 1000W. Eu não aconselho, mas que ligaram e funcionou de boa, isso ligaram, assiste a esse vídeo aí mostrando um dos casos:

Você viu aí que o Jorge não tem dó do inversor Leboss 1000W dele, coloca o inversor para moer sem dó pois ele é bruto mesmo.

O Leboss é diferenciado mesmo em relação a outros inversores baratos com a mesma potência dele. Ele tem uma ótima construção, como você viu ele suporta mesmo trabalhar no stress e ele tem fusíveis para aumentar ainda mais a proteção dele.

Eu sou da opinião de que é sempre bom trabalhar com equipamentos desse tipo colocando cargas bem abaixo da potência declarada do equipamento. Também levo em consideração de que os fabricantes chineses mentem a real potência dos equipamentos que vendem, ou seja, se eles dizem que o inversor é de 1000W eu sempre considero que na realidade ele é de 500W… Mas no caso desse Leboss ele tem se mostrado de 1000W, mesmo.

Outra grande vantagem dele, para mim, é trabalhar mais silencioso. Quando eu uso o Knupp 4000W, ele liga a ventuinha com frequência para se resfriar, mesmo que não haja equipamento nenhum ligado a ele, pelo simples fato de que é um inversor mais potente, puxando mais amperagem da bateria e gastando mais amperagem para se manter ligado… Tá entendendo aí outra grande vantagem de poder trabalhar com o Leboss de 1000W?!

O Leboss 1000W usa apenas 0,5Ah para se manter ligado, já o Knup gasta o dobre e um pouco mais que isso. O Leboss raramente liga a ventuinha para se refrigerar e mesmo trabalhando com qualquer uma das duas panelas elétricas, ele não aquece exageradamente e ben dá sinal de que está sofrendo para dar conta da panela elétrica… muito pelo contrário.

Dessa forma eu não vejo motivo de precisar ficar ligando o Knup 4000W para tocar a panela elétrica, já tem umas três semanas que o Leboss tá fazendo o meu almoço de boa, eu primeiro coloco o arroz na panela Bianco e na sequência faço o feijão na PPA3V… Ele funciona na sequência uma panela após a outra e sempre muito tranquilo, até agora não precisei deixar ele desligar para resfriar e só depois usar de novo, como eu imaginava que deveria ser.

Nos dias em que o céu está mais limpo (aqui em Goiânia ainda estamos na temporada de chuva) e eu quero assistir à tv enquanto estou fazendo o almoço, aí eu ligo a TV no Leboss e deixo o Knup trabalhar com as panelas elétricas, pelo simples motivo que depois que terminar de fazer o almoço o inversor que vai continuar a tocar a TV é o mais silencioso dos dois, ou seja, o Leboss de 1000W.

Pessoal, o inversorzinho é bruto mesmo, to gostando demais e até já adquiri mais uma placa de 100W para aumentar a produção do meu sisteminha e ficar mais tranquilo de que minha bateria vai finalizar todos os dias bem carregada.

Como eu disse acima, em breve vou gravar um vídeo do meu sistema de energia solar off grid que no momento está montado na base do teste mas logo as placas vão para cimna do telhado e ele vai virar um sistema off grid fixo para o fim de cozinhar e tocar alguns pequenso equipamentos e lâmpadas 12V.

Por fim estou querendo (e precisando) reforçar o orçamento pois os criadores de conteúdo, como eu, estamos tendo problemas de continuar a monetizar o nosso trabalho diante de tanta coisa que aconteceu nos últimos anos relativos à publicação independente e que gerou uma verdadeira caça ao nosso trabalho. Desta forma estou querendo vender alguns equipamentos como estes inversores Leboss (quem sabe até Knup) pois aqui em Goiânia consigo adquirir de alguns distribuidores de eletrônicos, se eu for comprar uma certa quantidade no atacado.

Se você tem interesse em comprar um inversor destes (ou algum eletrônico mais básico) me informa pelo e-mail richardelima@gmail.com. Se puder comprar de algum anúncio que eu fizer aqui no site para os meus leitores, pode ter certeza que você me ajudará demais.

Valeu e continue no GPS.Pezquiza.com