ANDE GRÁTIS DE PATINETE GRIN OU YELLOW – GANHE DINHEIRO RECARREGANDO

187

As patinetes elétricas para públicas para mobilidade urbana, que funcionam no sistema de locação (o mesmo das bicicletas em algumas grandes cidades), estão fazendo um grande sucesso aqui em Goiânia e por todas as outras cidades onde chegam.

Apesar de já fazer um tempinho que estão em Goiânia – e em outras grandes cidades – tem muita gente que ainda não conhece ou não sabe que as patinetes elétricas podem ser usadas por qualquer um, maior de 18 anos, que se cadastrar no sistema delas baixando um App no Android ou iOS.

O grande diferencial das patinetes elétricas frente às bicicletas, para a mobilidade urbana, é o fato de as patinetes terem motor, o que evita que o condutor faça esforço e chegue ao seu destino suado. Com a patinete elétrica, mesmo que a pessoa esteja de terno e resolva usar o aparelho para vencer um engarrafamento, por exemplo, ele vai chegar ao seu destino elegante e com o mesmo odor do momento em que iniciou o trajeto com o aparelho.

As patinetes tem área restrita para circulação, alguns bairros das cidades onde atua, geralmente são os bairros onde circulam mais pessoas que podem se interessar por se deslocarem usando os aparelhos e eles realmente são úteis para muita gente, principalmente no horário do rush, por aqui, é até engraçado notarmos como nas avenidas engarrafadas, se estamos em carros, vamos muito mais devagar que as pessoas que passam de patinete elétrica.

É claro que as patinetes também tem seus pontos fracos e um dos que acho mais complicado, principalmente para quem não está com tanta pressa assim e só quer dar uma curtida na cidade rodando numa patinete elétrica, é o preço que se paga para usar o aparelho: R$ 3,00 pelo desbloqueio da patinete + R$ 0,50 por minuto rodado, o que faz um trajeto de 10 minutos custar R$ 8. As patinetes tem velocidade limitada, se o condutor dela está usando a calçada, tem que obedecer a velocidade máxima de 6km/h, já se estiver no asfalto ou outra via apropriada para o trânsito da patinete, pode se deslocar com velocidade de até 20 km/h.

Se você se enquadra entre as pessoas que só querem dar uma voltinha para curtir como é o aparelho – bem fácil de pilotar por sinal – ou mesmo se ainda não utilizou e quer provar um pouco mais do patinete para decidir se entra desse vez nessa onda da patinete elétrica, deixo abaixo um código, para novos usuários, que dá direito a uma viagem grátis nas patinetes da Grin:

https://grin.app.link/9xNJvvZTXW

No momento os patinetes Yellow não contam com nenhuma promoção do tipo, mas é possível para os usuários Yellow comprarem (gerarem) um código de valores múltiplos de R$ 5 e enviarem este código com crédito para os seus amigos ou conhecidos usarem o Yellow – você pode, por exemplo, me enviar um crédito de presente por e-mail e aí é só eu colocar esse código no meu aplicativo Yellow e creditar a minha conta com o valor que foi colocado naquele código.

Patinetes elétricos são uma oportunidade para ganhar um dinheiro extra

Se para usar as patinetes elétricas é preciso pagar, do outro lado é possível gerar uma grana extra trabalhando autônomo como recarregador da bataria destas patinetes.

Tanto a Grin quanto a Yellow permitem que pessoas se cadastrem em seus sistemas para que possam, ao identificar que um patinete deles está com a bateria com baixa carga, levem esta patinete para casa, recarreguem a bateria e depois devolvam num local pré-determinado para que os usuários possam continuar a usar o aparelho. É claro que há alguns poréns para fazer esse serviço e vale a pena assistir alguns vídeos de pessoas que já estão recarregando os patinetes elétricos para saber se pra você vale a pena.

O básico é que, no modo de ir para a recarga e voltar para a estação para ser usado, o patinete não aciona o motor, o que dificulta a locomoção do aparelho se você o quiser levar para fazer o serviço sem ajuda de um outro meio de transporte. Um outro problema sensível é que a empresa tem que enviar o recarregador para você, não é qualquer recarregador que vai funcionar com a patinete elétrica.

Por cada recarga completada a pessoa recebe R$ 7, mas além do custo de energia tem o custo do tempo, do deslocamento para pegar o aparelho e depois levar, etc. Para compensar tem que conseguir fazer recarga de diversos patinetes ao dia ou então usar o serviço de recarga como um extra para quem trabalha de Uber, por exemplo. Ah, e se está recarregando a patinete durante a noite, no outro dia tem que devolver ela cedinho, até 7h da manhã, numa estação pública da Grin ou Yellow.

Vou colocar abaixo dois vídeos sobre trabalhar como recarregador de patinetes elétrica para você, que tem interesse, ter uma idéia de como é.

SIM, NÓS TEMOS TELEGRAM E SE VOCÊ TEM TAMBÉM CLICA LOGO NO LINK AÍ E CONHECE O NOSSO: https://t.me/gpspezquizaoficial

.


.