Tipos de LNBF e de satÉlite Banda KU… Conheça!

3125

Existem dois tipos diferentes de satÉlites Banda Ku, são eles os satÉlites do tipo DBS (Direct Broadcast Satellite) e os satÉlites FSS (Fixed Service Satellite)

Os satÉlites DBS são mais utilizados na AmÉrica do Norte e operam nas faixas de 12.200 a 12.700 MHz e sua polarização É do tipo circular. Eles são utilizados pelas operadoras de tv dos Estados Unidos.

Já os satÉlites FSS são mais comuns em volta de todo o globo terrestre, são utilizados para uso geral, ou seja, alÉm de tv tambÉm são usados para transmissão de dados e tipos diferentes de sinais.

Os satÉlite FSS trabalham nas faixas de frequência de 10.700 a 12.700 MHz, mas existem tambÉm alguns satÉlites FSS operando na faixa de 11.200 a 11.700 MHz, mas estes são mais raros.

Os satÉlites Banda KU FSS operam com polarização linear, que É uma forma de transmitir as ondas de frequência tanto na posição vertical quanto na posição horizontal.

A polarização linear permite que sejam enviadas na mesma largura de banda o dobro de quantidade de canais pois os sinais da polarização são opostos e tem atenuação suficiente para que uma polarização não interfira na outra.

Já a polarização circular envia o sinal em um formato de saca-rolhas e o polarização pode ser no sentido da direita ou da esquerda.

O sinal É enviado do satÉlite atÉ o prato a antena, que reflete o sinal para dentro do LNB, o sinal entra na boca do feedhorn, que É o tubo do LNB, a extensão do tubo É conhecida como gua de ondas.

No final da guia de ondas existe a entrada para o amplificador que abriga geralmente duas sondas orientadas de acordo com a polarização horizontal ou vertical. O sinal É comutado pelo amplificador de acordo com a polaridade que ele É captado.

Já no guia de ondas dos LNBFs para polarização circular existe um pequeno dispositivo que transforma o sinal circular em horizontal ou vertical para que possam ser processados pelo amplificador.

O amplificador É conhecido como LNA (amplificador de baixo ruÁ­do).

O amplificador consegue amplificar o sinal de microondas que É muito fraco e então o manda para um dispositivo chamado downconverter.

O sinal de microondas tem perda muito alta se se tenta enviar ele diretamente para um regulador coaxial, tanto que se ele fosse direto amplificador para o coaxial em poucos metros já não haveria mais sinal chegando no receptor por causa desta perda, tentar consertar esta perda com somente com um regulador coaxial de maior qualidade custaria muito caro.

Por isto se usa o downconverter para transformar o sinal para uma frequência mais baixa de modo que a partir daÁ­ se envia ela para o coaxial a um custo bem mais barato e o sinal chega ao receptor sem problemas.

A tecnologia atual permite que se combine o LNA, o downconverter e o feedhorn num mesmo bloco e se da a isto o nome de LNBF.

Para que ele trabalhe corretamente com o tipo de sinal que você quer captar você tem que comprar o LNBF para a faixa de frequência correta e tambÉm o tipo de polarização correta.

Aqui no Brasil damos preferência aos LNBFs Banda KU universais pois eles integram tanto faixas de frequências baixas (10.700 a 11.700GHz) quanto as faixas de frequência altas ( 11.700 a 12.750GHz) com polarização linear.
lnbf banda ku

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here