SatÉlite equatoriano danificado por lixo espacial russo

939

Restos de lixo espacial provenientes de um foguete soviÉtico chocaram-se em órbita com um pequeno satÉlite do Equador, apesar de o satÉlite ter sobrevivido ao acidente o seu módulo de transmissão para a Terra foi danificado, segundo informações da agência espacial equatoriana, localizada em Quito.

A Agência Espacial do Equador já sabia desde a Áºltima quarta-feira que os restos do foguete russo S14, que foi enviado ao espaço em 1985 pela RÁºssia, ainda durante o perÁ­odo da Guerra Fria, estava em órbita de colisão com o seu nanosatÉlite Pegaso. A colisão tambÉm estava sendo monitora pela Agência Espacial norte americana que averiguou que o nanosatÉlite Pegaso sofreu um pequeno golpe do foguete S14.

Não foi um impacto direto e o Pegaso continua em órbita, foi o recado enviado pelo astronauta equatoriano Nader.

A colisão ocorreu a 1,5 mil quilometros acima da costa leste de Madagascar mas segue em seu curso normalmente, o que indica que a avaria foi só no sistema de comunicação do Pegaso.

O nanosatÉlite Pegaso mede 10cmX10cmX75com alÉm de ter painÉis para coleta de energia solar, ele pesa apenas 1,2 kg.

Segundo a Agência Espacial Equatoriana, EXA, ele foi atingido por detritos provenientes de uma nuvem de partÁ­culas que acompanha o foguete russo S14, o problema na transmissão ocorrida com o nanosatÉlite ocorreu pela desorientação de sua antena, o satÉlite tambÉm está girando sem controle em dois eixos o que dificulta ainda mais o envio de dados do Pegaso.

Ainda não É possÁ­vel dizer se será possÁ­vel tornar o nanosatÉlite operacional novamente, no entanto, para a sorte dos equatorianos o Pegaso É um satÉlite segurado, o valor que o Equador deve receber pelo acidente espacial no entanto não foi revelado.

O Pegaso foi o primeiro satÉlite desenvolvido e construÁ­do pelo Equador e foi lançado ao espaço no Áºltimo dia 25 de abril da estação Jiuquand no norte da China, o nanosatÉlite havia feito a sua primeira transmissão de vÁ­deo a partir do espaço no dia 16 de maio.

O lançamento do Pegaso foi motivo de muita festa no Equador, o lançamento do satÉlite foi transmitida ao vivo na televisão do paÁ­s.

O Pegaso no entanto não será o Áºnico satÉlite lançado pelo Equador em 2013, o paÁ­s já está com outro satÉlite preparado para ser lançado ao espaço no mês de julho e quem irá levar este novo satÉlite equatoriano aos cÉus será um foguete russo.
satelite pegaso do equador

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here