O SAT HD Regional e o satélite Star One D2

223

O SAT HD Regional é um serviço de TV digital gratuita por satélite que permite aos telespectadores de todo o Brasil assistir aos canais abertos regionais em alta definição.

Esse serviço foi criado para oferecer uma melhor qualidade de imagem e som aos brasileiros que usavam a antiga parabólica telada, além de uma maior variedade de canais regionais.

Para sintonizar os canais do SAT HD Regional, é preciso ter uma antena parabólica de 60 cm (o mesmo tipo de antena usada pelas operadoras de tv por assinatura Sky e Claro TV), um receptor de tv via satélite digital compatível com o sistema Banda KU DVB-S2 e uma TV com entrada HDMI.

O satélite Star One D2 é um dos mais modernos da América Latina e tem uma vida útil estimada em 18 anos.

Ele foi lançado em julho de 2021 pela empresa Star One (uma subsidiária da Embratel) em parceria com a empresa francesa Arianespace.

Ele opera nas bandas C (para transmissão de dados corporativos), Ku (para transmissão de TV por assinatura) e Ka (para transmissão de internet banda larga).

Ele também possui uma carga útil militar na banda X para uso das Forças Armadas brasileiras.

StarOne D2 Substituiu o satélite Star One C2

O satélite Star One C2 foi o segundo satélite da geração C da Star One e ocupava a posição orbital de 70 graus oeste.

Ele foi construído pela empresa francesa Alcatel Alenia Space e lançado em abril de 2008 pelo foguete Ariane 5 ECA.

O StarOne C2 operava nas bandas C (para transmissão de TV analógica por parabólica telada) e Ku (para transmissão de dados corporativos).

O C2 tinha cobertura no Brasil, México e Flórida.

O satélite Star One C2 foi utilizado por anos para a transmissão de TV analógica via satélite por parabólica telada, mas com o surgimento da tecnologia de TV digital e o aumento da demanda por transmissões de TV em alta definição, a Star One decidiu substituí-lo pelo satélite Star One D2, que oferece maior capacidade de transmissão e suporte para a tecnologia de TV digital.

Aplicações do satélite Star One D2

O satélite Star One D2 é utilizado para diversas aplicações, incluindo a transmissão de TV por assinatura, internet banda larga e dados corporativos.

Ele oferece uma ampla cobertura geográfica, abrangendo todo o território brasileiro e países da América Latina e até da Flórida, além de possuir uma carga útil militar para uso das Forças Armadas brasileiras.

O Star One D2 também é capaz de suportar transmissões em diferentes frequências, operando nas bandas C, Banda Ku e Ka.

Isso significa que ele pode ser utilizado para uma variedade de aplicações de comunicação, tornando-o uma ferramenta valiosa para empresas de telecomunicações, provedores de internet e outras organizações que dependem de transmissões de dados confiáveis e de alta qualidade.

O satélite Star One D2 é um dos mais modernos da América Latina e tem uma vida útil estimada em 18 anos.

Ele foi lançado em julho de 2021 pela empresa Star One (uma subsidiária da Embratel) em parceria com a empresa francesa Arianespace a partir do Centro Aeroespecial de Kourou, na Guiana Francesa.

Ele opera nas bandas C (para transmissão de dados corporativos), Ku (para transmissão de TV por assinatura) e Ka (para transmissão de internet banda larga).

O novo satélite tem capacidade para oferecer uma série de serviços de comunicação, desde a transmissão de sinais de TV e internet, até soluções corporativas para empresas e governos.

O Star One D2 representa uma evolução em relação ao antigo sistema que usava o satélite Star One C2 na banda C.

O SAT HD Regional é um dos serviços que se beneficiaram dessa atualização tecnológica, oferecendo uma qualidade de imagem e som superior aos telespectadores que utilizam antenas parabólicas. Com ele, os brasileiros podem assistir aos canais abertos regionais em alta definição sem custo algum, desde que tenham os equipamentos adequados e apontem a antena parabólica offset (Banda KU) para o satélite D2.