Inventado sistema de Video on Demand via satÉlite… Sim, VoD via satÉlite

1404

Uma associação entre a Eultesat, administradora de satÉlites, e três empresas de tecnologia de vÁ­deo, MStar Semiconductor, Aston e Quadrilha IngÉnierie, criou um sistema para serviços de video on demand via satÉlite, que foi batizado de versão 2.0 do padrão HbbTV, ou Push VoD.

A V2.0 do HbbTV será apresentado durante a IBC 2014, a Convenção Internacional de Radiodifusão.

O Push VoD É um sistema que permite que se utilize equipamentos instalados na casa do cliente, geralmente os receptores de tv por assinatura originais das operadoras de tv paga, para armazenas conteÁºdo que poderão ser acessados pelo usuário atravÉs de uma plataforma de Video On Demand, sem atrasos na reprodução dos vÁ­deos e ainda com sistema de interatividade com o conteÁºdo.

O conteÁºdo armazenada no receptor É deletado depois de um certo perÁ­odo de tempo estipulado pela empresa que está provendo o conteÁºdo, para abrir espaço para um novo conteÁºdo.

O padrão Push VoD depende do armazenamento em cada receptor do assinante das operadoras associadas a este novo sistema, que pode ser qualquer operadora de tv por assinatura, desde que seus decodificadores tenham um bom HDD internet.

Segundo a Eultelsat, um HDD de 2TB armazena atÉ 500 horas de vÁ­deo on demand.

Então, o sistema funciona da seguinte maneira, a empresa terá um catálogo de vÁ­deos para seu serviço de video on demand, estes vÁ­deos serão todos enviados via satÉlite para o HD do decodificador da operadora que ficará na casa do assinante e então o assinante poderá escolher quais vÁ­deos deseja assistir, quando quiser.

A operadora É quem irá controlar de quando a quando cada vÁ­deo estará disponÁ­vel para o cliente e substituir os vÁ­deos conforme necessário.

A vantagem do Push Video on Demand É que não há necessidade de internet para que o cliente tenha acesso ao conteÁºdo de video on demand via satÉlite, desta maneira, teoricamente qualquer pessoa morando em qualquer local, mesmo em fazendas bem afastadas da cidade e de cabos de telecomunicação, terá acesso ao Video on Demand.

As empresas tambÉm estão desenvolvendo equipamentos para que os receptores do padrão atual possam ser utilizados com o video on demand via satÉlite e a Europa deve tornar oficial este novo padrão Push VoD no próximo ano.


video-on-demand-via-satelite