HISPASAT 30W – RESPONDENDO DÚVIDAS DE UM LEITOR

912

Sobre o Hispasat 30W, o leitor Stanley enviou o seguinte questionamento via e-mail:

qual a diferença entre o 30w-4 e o 30w-5, olhando os footprints do https://satbeams.com?

uma pesso no pernambuco com uma antena de 180cm pega com a mesma intensidade q uma em porto alegre com 80 cm?

Ótimas perguntas.

lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo
lista iptv legal 104 canais gratis ao vivo

No site da espanhola Hispasat, que é adminstradora de satélites dona destas satélites da posição 30W além de outros muito famosos aqui no Brasil, como os satélites Amazonas, há informação de que na posição orbital 30W estão colocados 3 satélites:

– Hispasat 30W-4 (Hispasat 1D), fabricado pela Alcatel e lançado em 2002, com expectativa de vida útil de 15 anos

– Hispasat 30W-5 (Hispasat 1E), fabricando pela Space Systems Loral e lançado em 2010, com expectativa de vida de 15 anos.

– Hispasat 30W-6 (Hispasat 1F), fabricado também pela SSL e lançado em 2018, com expectativa de vida de 15 anos.

Para ficar mais fácil o entendimento para o leigo no assunto satélite e sobre as transmissões que esses equipamentos fazem, sempre gosta de fazer a comparação entre os satélites e roteadores Wifi que usamos em casa, a ideia é bastante parecida, pois o que os satélites fazem é transmitir, via wifi, arquivos de dados que contém os vídeos de canais da tv, entre outros tipos de transmissões de dados.

Pensando desta forma, como você viu sobre as informações de cada satélite acima, cada satélite, de acordo com o ano em que foi fabricado e do fabricante que o produziu, tem equipamentos mais ou menos atualizados, com diferentes tecnologias que os tornam mais potentes, mais eficientes.

Há uma diferença de 8 anos entre a fabricação de cada um dos três satélites que ocupam a posição orbital 30W, desta forma fica fácil entender o quanto é diferente a tecnologia embarcada em cada satélite. Pense no quanto a tecnologia Wifi, para os roteadores que utilizamos em nossas residências, mudou neste período de 16 anos que separa a fabricação e lançamento do satélite Hispasat 30W-4 e Hispasat 30W-6. A lógica para os satélite é a mesma, a eficiência e alcance de cada um destes satélites, com maior ou menor potência, maior facilidade ou maior dificuldade de captação de sinal que cada um destes satélites transmite também segue a mesma lógica.

Já em relação à antena, a comparação entre os Estados que você cita é sim mais ou menos essa, no entanto, a capacidade de captação (ganho de sinal) de uma antena parabólica só pode ser considerado como total sendo o citado pela fabricante, se há uma condição de instalação perfeita com os equipamentos acessórios usados pelo mesmo fabricante na instalação bem como o ajuste correto de apontamento e instalação dos acessórios (LNB, cabos etc.).

Note que antenas de mesmo tamanho, fabricados por diferentes marcas e usando diferentes acessórios podem e deverão ter ganhos diferentes, esta informação exata, de ganho de cada antena, é difícil de saber para nós brasileiros já que o nosso mercado é bastante fechado e controlado pela Anatel, que nos impede de termos o que há de mais moderno desta área.

O que posso garantir para você é que há uma honestidade nos preços praticados no Brasil em relação às antenas parabólicas, ou seja, os kits de antenas parabólicas mais caras, para uso profissional, tem sim uma eficiência bem maior que as antenas parabólicas caseiras.

Obrigado por enviar sua dúvida e continue conosco.

SIM, NÓS TEMOS TELEGRAM E SE VOCÊ TEM TAMBÉM CLICA LOGO NO LINK AÍ E CONHECE O NOSSO: https://t.me/gpspezquizaoficial